Judas Priest: disco novo sairá no ano que vem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: Billboard.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/09/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Enquanto o Judas Priest está no meio de uma turnê mundial de despedida – ou algo do gênero – o frontman Rob Halford promete que o grupo não está exatamente se acabando. Na realidade, ele diz, a icônica trupe do heavy metal está a caminho da confecção de seu próximo álbum.

5000 acessosBill Ward: os dez discos de metal favoritos do baterista5000 acessosGuns N' Roses: Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpas

Halford disse à Billboard.com que ele e o guitarrista Glenn Tipton "começaram a compor músicas novas no início desse ano antes de irem para a estrada. Temos umas 12 ou 14 faixas totalmente mapeadas, quatro das quais foram gravadas e mixadas e estão prontinhas... então a boa notícia é que haverá um disco novo em folha do Priest no ano que vem".

Halford acrescentou que o grupo está dando espaço para o novo guitarrista Richie Faulkner, que substituiu o aposentado K.K. Downing na atual Epitaph World Tour, "para que ele se junte a nós e contribua também". Mas ele tem confiança de que isso não vai afetar o conteúdo geral do álbum. "Acho que é justo dizer que esse será mais um grande álbum de heavy metal britânico do Priest com o que vocês mais gostam da banda – os riffs, os vocais gritados, tudo da tradição e herança que tentamos manter de alguma forma em nossa música enquanto seguimos em frente", promete Halford.

Isso com certeza significa que a Epitaph World Tour dificilmente será a última que veremos do Judas Priest e Halforde reconhece que o grupo está "aproveitando todas oportunidades de mostrar aos fãs que esse não é o fim do Judas Priest. Estamos apenas acabando com essas grandes, longas jornadas pelo mundo que adoramos fazer. Mas mesmo assim estamos enfrentando a mortalidade; como cantor de metal ainda sou capaz de fazer a grande maioria das coisas que já fiz... mas eu sou o primeiro a admitir que estou achando tudo muito mais desafiador agora, e eu não quero ter essa síndrome que você fica a meia boca e não faz a performance que gostaria de fazer. Eu fico satisfeito por estamos tendo essa abordagem porque em troca isso dá mais vida à banda. Somos capazes de continuar fazer alguns shows mais selecionados no futuro e tão importante quanto isso, continuar gravando e fazendo novos discos de metal".

Halford acrescenta que um desses projetos futuros ao vivo possam ser um show baseado no álbum conceito de 2008 "Nostradamus." "Esse é um disco muito importante para nósl", disse ele, "Tivemos um aspecto em mente de uma grande visão do que queríamos fazer com o 'Nostradamus' – obviamente tocá-lo na íntegra, o que é totalmente possível – e porque estamos parando com essas turnês intensas podemos focar mais nisso".

Halford acrescenta que a saída de Downing, anunciada em 20 de abril, foi "uma total surpresa", mas ele faz um paralelo com o tempo em que ele próprio esteve fora da banda entre 1992-2003. "O Priest sempre esteve lá", observa Halford. "O Priest nunca se afastou. O propósito é que a banda seja maior que você. A música, o legado e a tradição da banda é maior do que um membro do grupo. Isso é algo importante em que se pensar, sabe?" Ele descreve Faulkner, que estava na banda de Lauren Harris antes de ir para o Priest, com "um talento fenomenal" e "um tremendo impulso e alívio também. Sentimos muitas coisas diferentes, mas o Richie está lá noite após noite arrebentando no palco e mostrando a que veio, como gostamos de dizer".

Após uma volta na Europa no verão (inverno no hemisfério sul), a Epitaph World Tour continuará na América Latina começando em 10 de setembro em São Paulo, Brasil. O trecho norte-americano começa em 12 de outubro em San Antonio, Texas, e termina em 3 de dezembro em Biloxi, Mississipi.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

1411 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's434 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta1353 acessosPhil Campbell: solo terá Dee Snider e Matt Sorum, além de Halford1009 acessosVocalistas: 5 famosas falhas ao vivo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Judas Priest"

Heavy MetalHeavy Metal
Quais as 10 melhores vozes da história?

LoudwireLoudwire
10 álbuns pesados dos 70's que não são do Black Sabbath

Billy CorganBilly Corgan
Revelando seus álbuns favoritos de Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpas

Black Label SocietyBlack Label Society
O assassinato atribuido à "seita" de Zakk Wylde

Rolling StoneRolling Stone
Os 10 piores covers da história segundo os leitores

5000 acessosPhil Anselmo: vocalista mostra seu barraco em Louisiana5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19825000 acessosCretin: transexual rompe barreiras no metal extremo5000 acessosGrammy Award: 15 bandas que incrivelmente nunca ganharam o prêmio5000 acessosMúsica clássica: Bach, Beethoven e Vivaldi em versão Metal5000 acessosBlender: as letras mais repulsivas do Heavy Metal

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online