Alice Cooper: "hoje não se ganha dinheiro vendendo discos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Mayara Puertas, Fonte: Blog The True Metal, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 24/12/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O Marietta Daily Journal recentemente conduziu uma entrevista com o lendário Alice Cooper. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

128 acessosAlice Cooper: veja o lyric video de "Paranormal"5000 acessosMax Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merda

Marietta Daily Journal: O que você acha de estar fazendo parte do Hall Of Fame?

Cooper: 2011 foi um grande ano para mim. Ficando no Hall Of Fame, tendo "Welcome 2 My Nightmare", fazendo um filme com Johnny Depp, em Londres, a turnê "Dark Shadows"... É realmente foi um ano cheio, mas estou pronto para mais seis meses fora. O Hall Of Fame foi definitivamente uma daquelas coisas que você nunca acredita completamente. Você pensa, bem, isso vai acontecer um dia talvez... Mas quem sabe quando? Foi a nossa primeira indicação, então foi muito legal.

Marietta Daily Journal: Você tem 63 anos. Qual é o segredo para sobreviver como uma estrela do rock durante tanto tempo?

Cooper: A base é a composição. Todas as bandas que ainda estão aqui desde os anos 60 fizeram sucesso nas rádios, pois tinham músicas muito boas. Eu tento dizer isso a bandas novas o tempo todo. Sua imagem é importante, a sua produção de palco é importante, mas se você não tem as músicas você não tem nada. Você tem que ter o bolo antes de colocar a cereja no topo dela. As composições são tudo. Se você não tem boas músicas, você não pode ir muito longe.

Marietta Daily Journal: Qual é a diferença entre as músicas de agora em comparação com vinte, trinta anos atrás?

Cooper: Por um lado, eu sou um cantor melhor agora, e eu tenho mais energia. Na verdade, estou em melhor forma agora do que quando eu tinha 30 anos. Quando eu tinha 30, eu estava bebendo uma garrafa de whiskey por dia. Eu não tenho bebido há 30 anos, então aos 63 eu fazer cinco shows por semana que são de uma hora e 45 minutos de duração, começamos em quarta marcha. Este show é de 26 canções que são 90% hard-rock, então eu nunca paro no palco. Estou em melhor forma agora do que nunca.

Marietta Daily Journal: Você diria que seus fãs são diferentes nos dias de hoje?

Cooper: A coisa louca sobre o rock clássico é que a música não mudou em nada em 45 anos. Se você vai ouvir o FOO FIGHTERS, ou The White Stripes, eles parecem bandas dos anos 70. Você poderia tomar o FOO FIGHTERS e colocá-los em 1974, e que se encaixaria bem musicalmente, nada mudou. Tecnologicamente, o modo como nós gravamos, como nós vendemos discos, como nós ouvimos os discos, isso sim é completamente diferente. Eu sentiria muito se eu fosse uma banda jovem no momento. Hoje em dia, não há como ganhar dinheiro vendendo discos. É quase impossível. Então eu digo para as bandas jovens se eu fosse você, eu seria a melhor banda ao vivo do seu país. Isso é o que você tem que focar, porque não podem tirar isso de você. A parte de gravação, porém, eu simplesmente não vejo como alguém pode ganhar dinheiro com isso.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MudançasMudanças
10 bandas que não soam mais como em seus primeiros discos

128 acessosAlice Cooper: veja o lyric video de "Paranormal"1704 acessosAlice Cooper: Welcome to My Nightmare lançado em DVD2153 acessosAlice Cooper: Longe de se aposentar, quer ultrapassar Mick Jagger434 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta389 acessosRepublica: banda brasileira abre shows de Alice Cooper na Europa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Alice Cooper"

BurnnBurnn
Os maiores guitarristas Hard & Heavy da história

Alice CooperAlice Cooper
"Ke$ha é a Versão Feminina de Robert Plant"

RoadrunnerRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Alice Cooper"

Max CavaleraMax Cavalera
Triste ver uma banda tão importante virar uma merda

Ultimate GuitarUltimate Guitar
As 28 canções mais sombrias de todos os tempos

David BowieDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada

5000 acessosEsquire: Integrantes do Metallica fingem ser do Led Zeppelin5000 acessosRock: 25 fotos pra fazer você continuar acreditando na música5000 acessosAerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler4228 acessosMetallica: Lars conta que o "Kill' Em All" influenciou novo álbum5000 acessosIron Maiden: Bruce não quer mais cantar Hallowed Be Thy Name?5000 acessosLoudwire: as capas de Heavy Metal mais assustadoras

Sobre Mayara Puertas

Vocalista, amante de metal extremo, editora do blog “The True Metal” e resenhista do blog “Metal Force“. Tive também participações em matérias do blog “Rafark Metal 666” e “Up Down Core”. Trabalho com arte gráfica, e utilizo Web para promover e divulgar bandas do cenário nacional, seja via twitter, Facebook ou Orkut. Twitter: @ellenaurille. Facebook: Mayara Puertas Alecrim.

Mais matérias de Mayara Puertas no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online