Pirataria: Combatê-la é como guerra contra as drogas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: site do LoKaos Rock Show
Enviar Correções  

Mas tal comparação faz mesmo sentido? Afinal, o comércio de drogas tem cartéis violentos, mulas, overdoses, guerra entre quadrilhas… gente defecando camisinhas no meio de vôos internacionais! Em comparação, a guerra contra a pirataria envolve roubar o Metallica, uma infinidade de ISPs e muitas alternativas legais.

publicidade

Ainda assim, essa é uma analogia que nos faz pensar, por várias razões. Ambas as ‘guerras’ têm vários ataques, devassas e revistas, sem contar o ‘abuso’ persistente e um nível de ‘uso’ aparentemente implacável. É um memorando que os maiores executivos da indústria estão recebendo, mas mal discutindo. E é por isso que foi surpreendente ouvir da boca de Rio Caraeff, CEO da VEVO, uma joint venture envolvendo três das quatro maiores gravadoras do mundo:

"A pirataria é meio como a guerra contra as drogas. É uma guerra invencível em minha opinião. Mas essa não é necessariamente a opinião da indústria, mas eu acho que a solução é prover acesso ao entretenimento para o maior número possível de pessoas, através de uma variedade de modelos diferentes – inclusive os gratuitos." «Caraeff, falando recentemente na Cúpula de Transição da Mídia do Guardian, tal como citado pelo site The Next Web»

publicidade

Essa matéria pode ser lida na íntegra no site do LoKaos Rock Show.

http://lokaos.net/pirataria-combate-la-e-como-guerra-contra-...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Pirataria: Os 20 álbuns mais baixados ilegalmente no Reino UnidoPirataria
Os 20 álbuns mais baixados ilegalmente no Reino Unido

Gene Simmons: Os fãs estão matando aquilo que mais amamGene Simmons
"Os fãs estão matando aquilo que mais amam"


Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes

Oops!: 10 erros eternizados em gravações de clássicosOops!
10 erros eternizados em gravações de clássicos


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin