Shaman: expectativas para o Metal Open Air

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: G1
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 19/04/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O vocalista Thiago Bianchi, da banda Shaman, concedeu ao G1, portal de notícias da Globo, onde falou do show que realizará, das bandas que pretende ver, da experiência de criar o hino do festival e do último disco, o conceitual Origins.

1830 acessosRicardo Confessori: "RituAlive" é o melhor DVD de metal do Brasil5000 acessosMetal Sucks: Top 25 vocalistas do metal moderno

"Acho que tem tudo para ser o que já é, o maior evento de heavy metal da história do país. Dizer que a gente está empolgado seria algo pequeno para descrever o sentimento. Vamos poder dividir o palco com os maiores nomes do estilo, até mesmo com heróis, como é o meu caso: o MEGADETH é a banda que eu mais gosto desde moleque."

"A nossa apresentação terá algumas participações, podem esperar que vai ter coisa boa. Vale a pena dizer também que vamos gravar um vídeo desse show."

"As bandas que com certeza eu vou ficar para curtir, nem que eu tenha que me amarrar lá, são: MEGADETH, BLIND GUARDIAN, SYMPHONY X e ROCK N’ ROLL ALL STARS, estou muito curioso para ver tantas lendas do rock juntas. E o próprio Charlie Sheen, vou levar uma camisa de boliche para ele autografar (risos). Também o SAXON e o ANTHRAX, claro, que marcou a todos nós e voltou agora com tudo. Para mim está sendo um sonho. Inclusive quando fizemos o hino do festival e eu estava escrevendo a letra, as maiores atrações estavam sendo confirmadas naquela semana, então eu escrevia uma pedaço, aí confirmava alguém e eu voltava e fazia tudo de novo, porque foi muito emocionante. No fim foi legal porque eu escrevi a letra mais como um fã e menos como um ídolo."

"A música foi pedida pela produção do evento e no começo eles queriam algo que fosse mais como um jingle, parecido com aquele do Rock In Rio. Mas, em uma conversa com a produção, pensamos em fazer uma música de heavy metal mesmo, inspirada. Não é um jingle e não tem nenhuma aspiração a ser. Como é um evento de heavy metal, a gente tentou fugir dos parâmetros. Quando você fala de heavy metal, você fala de liberdade total de expressão musical, então você só tem que ter muita atitude. A gente queria fazer uma música de coração, do ponto de vista de um fã e também do ponto de vista de ídolos, já que os nossos fãs esperam da gente certas atitudes, determinadas energias. No fim, acredito que saiu uma música totalmente de coração. Sei que algumas pessoas esperavam uma canção mais fácil, de mais fácil digestão, mas não é o que representa o heavy metal. O heavy metal não é fácil de digerir, o heavy metal é um som que te soca no olho como se fosse um jab do Mike Tyson. O metal é uma alusão à vida, é amar e ser amado."

"A história do Amagat nada mais é do que uma história que amarra um pouco da história dos famosos avatares, tem um pouco da história de Buda, de Jesus, de Shiva... que de certa forma é a história da humanidade. O grande lance da história do Amagat é que a gente tentou explicar a origem dele, como ele influencia cada disco da banda. No fim, acabou saindo tão fácil que quando você lê e ouve o álbum tudo faz sentido e você se sente bem."

A entrevista na íntegra você confere aqui (se tiver tempo antes de viajar para São Luís e curtir o M:O:A).

http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/04/o-metal-e-uma-a...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

1830 acessosRicardo Confessori: "RituAlive" é o melhor DVD de metal do Brasil352 acessosHugo Mariutti: Entrevista exclusiva ao United By Metal (vídeo)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Shaman"

Anos 2000Anos 2000
A morte do Rock nas novelas da Rede Globo

Heavy MetalHeavy Metal
50 lições para ser um vocalista brasileiro do gênero

FamíliaFamília
Irmãos que tocam ou já tocaram juntos na mesma banda

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metal Open Air"0 acessosTodas as matérias sobre "Shaman"

Metal SucksMetal Sucks
Top 25 vocalistas do metal moderno

GuitarristasGuitarristas
Jornal elege os 25 melhores guitarristas da Bay Area

GuitarristasGuitarristas
Os sete mais influentes de todos os tempos

5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosLemmy: "Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!"5000 acessosDeuses do Rock: o tempo passa para (quase) todos eles5000 acessosMetallica: baixista do Primus relembra teste em 19865000 acessosJared Dines: qual a diferença entre o som da Fender e da Gibson?5000 acessosBill Ward: não ouvi o "13", é muito doloroso pra mim

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online