The Horrors: o revival post-punk do quinteto britânico

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Michel Pozzebon, Fonte: Musicômio
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nem tão badalado como Franz Ferdinand por exemplo, mas com muita irreverência e coisa boa para mostrar. Pela primeira vez no Brasil, esse é o The Horrors, que fez a preliminar do show dos escoceses, neste final de semana, no Parque da Independência, em São Paulo.

Led Zeppelin: a origem do anjo símbolo da bandaMetal: por que os metalheads vivem presos no passado?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O quinteto britânico, que já circula pelos grandes festivais com seu revival post-punk, chegou a arrancar "gritinhos" dos adolescentes mais histéricos. No entanto, apesar do figurino "bem arrumadinho", o som dessa gurizada não é nem um pouco pop, tanto que a primeira música da apresentação, "Mirror's Image", trouxe a distorção das guitarras, a dissonância dos teclados e um heterodoxo vocal de Faris Badwan, inspirado no lendário Ian Curtis, do Joy Division.

Veja a matéria original com foto e vídeo no link abaixo:
http://www.musicomio.com.br/o-revival-post-punk-do-the-horro...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "The Horrors"


Led Zeppelin: a origem do anjo símbolo da bandaLed Zeppelin
A origem do anjo símbolo da banda

Metal: por que os metalheads vivem presos no passado?Metal
Por que os metalheads vivem presos no passado?


Sobre Michel Pozzebon

Jornalista gaúcho apaixonado por música desde piá, na época em que o mini vinil das ¨Borbulhantes da Pepsi¨ era a novidade no mercado fonográfico. Nas instrumentações musicais preferidas estão a percussão de latinha, assobio e a pedra tocada na água. Como hobby edita o Zine Musical. Em sua pinacoteca, discos e vídeos que vão de Zé do Belo e Toni da Gatorra a Jean-Luc Ponty e Johann Sebastian Bach.

Mais matérias de Michel Pozzebon no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336