Matérias Mais Lidas

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagem"Não existe esta coisa de New Wave of British Heavy Metal", diz Paul Di'Anno

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemPor motivo de saúde, Tracii Guns faz show inteiro do L.A.Guns dentro do banheiro

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemA opinião sincera de Lemmy Kilmister sobre os Beatles e os Rolling Stones

imagemEdu Falaschi e as versões de "Bleeding Heart" que "dá uma tristezinha" de ouvir

imagemVídeo mostra o Guns N' Roses novamente tocando "Back in Black" do AC/DC


In-Edit

Dolby Atmos: entenda o conceito de 64 canais de áudio

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 02/05/12

A DOLBY LABORATORIES anunciou um novo sistema de áudio essa semana, chamado de DOLBY ATMOS, que a empresa chama de ‘uma experiência audiovisual inteiramente nova’ para os espectadores. "É meio que um som surround de última geração, que estofa o cinema com som, ao invés de vir de canais da direita ou da esquerda, o som virá de tantas direções quanto há falantes, incluindo de cima e de baixo. Isso significa que barulho de passos emanará do chão, e gotas realistas de chuva irão projetar-se contra o topo de sua cabeça – e já que o sistema tem capacidade para até SESSENTA E QUATRO canais, o som pode vir de qualquer lugar".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O sistema Atmos é um de uma série de tecnologias de áudio de última geração – é bem similar ao Multi-Dimensional Audio – ou MDA – da SRS Labs, que foi mostrado na [feira] CES desse ano. A ideia é que novas mixagens de som incluam metadados que sirvam como guias direcionais para cada objeto, de modo que o mix específico de falantes não signifique muito – aquele som de uma campainha não virá do canal esquerdo traseiro, apenas terá dados instruindo-o para vir de algum lugar na seção traseira e esquerda do ambiente. Então um pós-processamento envia o som para o falante específico em cada setup específico para aliar-se àquela direção. Isso quer dizer que você pode obter sons muito mais específicos, úteis para novas instalações que poderiam ter dúzias de falantes individuais, já que o pós-processamento decidirá de qual caixa o som sairá.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E haverá dúzias de falantes em algumas instalações ‘high end’ da Atmos [ou da MDA], especialmente em cinemas. Por que não colocas falantes no teto, no chão, em todos os cantos, todas as paredes? É um pouco menos útil para home theaters, mas certamente eliminaria o problema de ter um receiver 5.1 e querer um setup 7.1: apenas instale mais falantes!

A Harman, que comanda séries e marcas como Harman-Kardon e JBL, já está em cima da prancheta para criar novos sistemas Atmos, e a Dolby espera que começar a vender o Atmos para salas de cinema até o fim desse ano.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.