L.A. Guns: "versão da banda de Tracii é ridícula e confusa"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Julia Danesi, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 06/06/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Ruben Mosqueda da Sleaze Roxx recentemente conduziu uma entrevista com o baterista do L.A. GUNS, Steve Riley. Alguns trechos da entrevista abaixo:

5000 acessosJared Leto: a reação ao se ver no papel do Coringa5000 acessosMas afinal... o que é rock progressivo?

Sleaze Roxx: Como você acabou como proprietário do nome da banda L.A. Guns? Isso é surpreendente, já que você entrou na banda depois que o álbum de estréia já tinha sido gravado.

Steve Riley: Eu ainda estava no W.A.S.P. — estávamos terminando o "Live... In The Raw" quando o L.A. GUNS estava trabalhando em seu primeiro álbum. W.A.S.P. se separou depois do "Live... In The Raw" e eu corri para aqueles caras — eles tinham acabado de gravar o primeiro álbum deles e ainda não tinham tocado fora de L.A.. Eles tinham algumas datas marcadas em clubes e eu nem sabia quem eles eram. Entrei na banda logo em seguida, antes mesmo do álbum ser divulgado, é por isso que estou atrás da capa do álbum. Eles tinham outra gravação de bateria no álbum, e despediram o cara. Eu pisei dentro e estou na banda desde o começo, quando eles nem tinham tocado fora de L.A. ainda sem mim. Eles tiveram algumas datas em torno da região de L.A. sem mim, antes do álbum ser gravado, mas eu cuidei dos negócios da banda desde o início. Ambos Tracii Guns (guitarras) e eu, temos o direito do nome — foi por isso que ele pode fazer a versão "bogus" do L.A. GUNS que ele tem. A razão pela qual eu digo isso, não é porque ele é um membro competente do L.A. Guns, mas porque ele saiu da banda. Essa é a banda que ele saiu — ele deixou o L.A. GUNS, que tem a participação de Phil Lewis (vocal) e eu, que somos os membros originais. Ele saiu da banda para fazer outras coisas, que não deram certo, então ele pensou em começar seu próprio L.A. Guns. Vou ser franco com você, nós dois temos o nome, podemos fazer isso legalmente, mas não há comparação. Temos conseguido os grandes shows, estamos fazendo todas as turnês mundiais, e todo mundo sabe que você precisa de Phil Lewis na banda se será o L.A. GUNS.

Sleaze Roxx: Se eu me lembro corretamente, Tracii Guns retirou oficialmente sua versão do L.A. GUNS. Quando tinham duas versões do L.A. GUNS em tour, isso era confuso para os fãs. Como isso impacta promotores interessados em agendar a banda?

Steve Riley: Sim, isso criou muita confusão por um tempo até começarmos a tocar com bandas como WHITESNAKE, SCORPIONS, M3 e mais alguns eventos grandes. A confusão foi esclarecida — pessoas ainda sabiam que ele (Tracii Guns) ainda estava por aí, mas é algo que não estamos nem mais preocupados sobre. Ganhou péssimas reviews, não tem um som bom, não tem uma aparência boa... Como estava falando antes, você precisa ter Phil Lewis na banda para dar certo. Tracii estava fazendo covers de PINK FLOYD, LED ZEPPELIN, e JIMI HENDRIX. Temos tanto material original que nem podemos fazer isso. Claro, gravamos álbuns cover, mas não tocamos eles ao vivo. Temos cerca de 10 ou 11 músicas que temos que tocar no setlist, e aí podemos pensar em duas ou três novas lá. Phil é Phil, ele é a voz do L.A. GUNS e eu sou o backbone de todo o material que temos. Temos orgulho do L.A. GUNS.

Sleaze Roxx: Se o L.A. GUNS estivesse em uma posição para ser convidado para participar do Rock And Roll Hall Of Fame, você acha que membros passados estariam envolvidos? Fãs que seguem o L.A. GUNS pensam que seria um "rival" para a "reunião" do GUNS N' ROSES.

Steve Riley: Eu penso que os membros antigos estariam envolvidos. L.A. GUNS tem sido uma banda em comunidade — tem tido tantos membros entrando e saindo — eu acho que seria divertido se acontecesse. Acho que os 5 membros originais da banda se juntariam para isso, e penso que todos nós colocariamos as diferenças de lado. Phil e eu nunca tivemos problemas com isso... Como você sabe a história por trás do BRIDES OF DESTRUCTION (projeto de curta duração de Tracii e Nikki Sixx). Pensamos que Tracii poderia fazer isso e o L.A. GUNS. Conciliamos com ele — tínhamos que fazer a turnê mundial com ALICE COOPER e nós tinhamos um lançamento na Spitfire vindo, chamado "Waking The Dead", que estava ganhando boas reviews. Eu disse para ele, "Vamos lá, você consegue fazer isso, e consegue a banda com Nikki Sixx." Pedimos para ele isso, e ele saiu. Quando ele se foi, usamos três ou quatro guitarristas para preencher as datas que marcamos — Tracii só deixou a gente. Quando pegamos fôlego, achamos Stacey Blades e ele está aqui desde então. Não tinhamos problema nenhum com Tracii fazendo projetos com outras bandas. E ele deixou a banda. Nosso maior problema foi quando ele fez outra banda chamada L.A. GUNS. Ele saiu da banda pra fazer outro L.A. GUNS — essa é a única coisa que tivemos problema. É louco porque ele teve um line up revolvedor, teve um cantor "galinha" por um mês, e teve quatro ou cinco vocalistas diferentes — é ridículo e confuso para alguns fãs. Fizemos só 17 países na Europa e chamamos de "Damage Control Tour", porque tinhamos que mostrar o que o real L.A. GUNS é. Agora eles sabem quem é o L.A. — com Phil Lewis nos vocais — fizemos o damage control na Europa e ainda estamos fazendo isso. Então ele criou uma certa bagunça mas estamos arrumando as coisas.

Leia a entrevista completa no Sleaze Roxx.

http://www.sleazeroxx.com/interviews/steveriley.shtml

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 06 de junho de 2012

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Brigas"

Skid RowSkid Row
Vocalista rebate declarações de Sebastian Bach

Nikki SixxNikki Sixx
"Jon Bon Jovi é um cuzão metido a besta"

Velhas VirgensVelhas Virgens
"Lobão esqueceu que já foi do underground"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Brigas"0 acessosTodas as matérias sobre "L.A. Guns"

Jared LetoJared Leto
A reação ao se ver no papel do Coringa

UmmagummaUmmagumma
Desentendimentos e confusões... o que é rock progressivo?

Pink FloydPink Floyd
As brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns

5000 acessosLGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais5000 acessosMetal Open Air: Em 2012, o maior fiasco da história do Heavy Metal no Brasil!5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19825000 acessosAs histórias por trás de 11 capas clássicas5000 acessosGibson: Hendrix no topo da lista dos 50 melhores guitarristas5000 acessosRegis Tadeu: depois de 40 anos, "Sabotage" ainda causa calafrios

Sobre Julia Danesi

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online