Bob Marley: caminhonete usada pelo astro será restaurada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Michel Pozzebon, Fonte: Musicômio
Enviar correções  |  Ver Acessos

A história pode ser contada e resgatada não só por livros, mas de diferentes maneiras. Uma delas é por meio de bens materiais, como automóveis por exemplo. E se item pertenceu a algum famoso, estas memórias ganham um valor histórico e cultural ainda maior. O que dizer então de uma caminhonete Land Rover Defender Série III, ano 1976, usada em vida pelo astro do reggae Bob Marley?

Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseTreta: Zakk Wylde cuspiu cerveja em James Hetfield?

O veículo que não é utilizado há 35 anos, não está bem conservado e será restaurado. O utilitário ficava em exposição no museu que leva o nome do músico em Kingston, na Jamaica. No local, a caminhonete estava exposta ao tempo coberta apenas por um toldo, que apresenta um rasgo em sua parte central. A reforma e todo o seu custo ficarão sob responsabilidade da Land Rover América Latina, com matriz no Brasil.

Abaixo o vídeo da caminhonete sendo removida para restauração...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Bob Marley"


Bob Marley: A sua lenda permanece viva até hojeBob Marley
A sua lenda permanece viva até hoje


Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose

Treta: Zakk Wylde cuspiu cerveja em James Hetfield?Treta
Zakk Wylde cuspiu cerveja em James Hetfield?


Sobre Michel Pozzebon

Jornalista gaúcho apaixonado por música desde piá, na época em que o mini vinil das ¨Borbulhantes da Pepsi¨ era a novidade no mercado fonográfico. Nas instrumentações musicais preferidas estão a percussão de latinha, assobio e a pedra tocada na água. Como hobby edita o Zine Musical. Em sua pinacoteca, discos e vídeos que vão de Zé do Belo e Toni da Gatorra a Jean-Luc Ponty e Johann Sebastian Bach.

Mais matérias de Michel Pozzebon no Whiplash.Net.

adClioIL