John Corabi: ele pensou em suicídio depois de sair do Crue

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Giovanni G. Melo, Fonte: Classic Rock Magazine, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/11/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


1827 acessosLayne Staley: ele mudou nome do meio graças a Tommy Lee5000 acessosSteve Vai: as 10 melhores faixas de guitarra na opinião dele

O vocalista John Corabi abriu o jogo sobre como ele pensou em suicídio depois de sair do MOTLEY CRUE, em 1997. John integrou a banda por cinco anos depois que o vocalista Vince Neil a deixou. Ele foi demitido depois que a gravadora se recusou a financiar o próximo álbum do grupo, a menos que Vince Neil retornasse.

Corabi disse que sua demissão não foi a única coisa ruim naquele tempo - ele também perdera seu carro e sua namorada na época.

Falando para uma audiência em Londres durante sua recente turnê acústica pelo Reino Unido, John explicou como naquele dia, em 1997, chegou ao que pensou ser uma sessão de gravação, apenas para descobrir "um monte de pessoas de terno e gravata."

"Pensei 'estamos tendo uma reunião?' E era algo como 'bem, estamos e o que temos a dizer é - Corabi, te amamos. Mas infelizmente a gravadora não dará suporte para esta versão da banda. Temos que deixar você ir porque estamos trazendo o Vince de volta'", disse John. "Então saí e entrei no meu novo carro esportivo que tinha acabado de comprar cerca de um mês antes. Abri o porta-luvas, peguei a arma e coloquei-a em minha boca. Mas não estava carregada - então tudo bem. A caminho de casa, pensei 'merda, estou desempregado. Quem agora vai pagar este carro? Quem vai pagar a casa?'"

O cantor disse que quando chegou em casa encontrou sua "linda e jovem" namorada no sofá e disse a ela: "tenho boas e más notícias. A boa é que vou ser capaz de passar muito mais tempo com você. A má é que saí do MOTLEY CRUE hoje e minha carteira ficará um pouco mais leve a partir de hoje. Na verdade, ela estará vazia."

Ela respondeu que também tinha boas e más notícias: "só tenho um programa na TV hoje, então minha carreira está decolando. Acho que preciso de um tempo e focar em minha carreira."

"Se uma mulher diz que 'precisa de tempo', pegue seus discos, embale suas porcarias e suma. Não prolongue a morte. Foi o que eventualmente fiz", disse John.

Algumas semanas depois, Corabi recebeu uma ligação de um amigo dizendo que viu a garota com o marido dela: "comecei a contar. Foram cerca de três semanas. Ela estava casada? Então comecei a olhar para a arma de novo."

Mas toda essa experiência inspirou sua canção "Love (I Don´t Need it Anymore)", que foi gravada em 1998 com a banda UNION. Corabi disse: "a canção tem um clima legal e realmente fez um pouco de dinheiro. Então, a longo prazo eu realmente devo agradecer por ela ter ido embora."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 23 de novembro de 2012

Layne StaleyLayne Staley
Ele mudou nome do meio graças a Tommy Lee

751 acessosConsequence of Sound: 10 discos de Hair Metal que "não são ruins"1442 acessosHair Metal: dez álbuns que valem a pena488 acessosMötley Crüe: como crianças de hoje reagem ao som da banda?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motley Crue"

EsquisiticesEsquisitices
Algumas exigências bizarras de astros para shows

Nikki SixxNikki Sixx
Exibindo sua Harley Davidson com Jenna Jameson

Mötley CrüeMötley Crüe
"Ninguém consegue tocar como eu", diz Mick Mars

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motley Crue"

Steve VaiSteve Vai
As 10 melhores faixas na opinião do guitarrista

MetallicaMetallica
New Music Express elege as melhores músicas do grupo

SlipknotSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"5000 acessosGuns N' Roses: a famosa trilogia de clipes do grupo5000 acessosNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"5000 acessosAquiles Priester: Procurando autora de carta de 30 anos atrás5000 acessosIron Maiden: Fatos que você já sabe (mas com detalhes legais)5000 acessosBuckethead: uma rara imagem do guitarrista sem a máscara

Sobre Paulo Giovanni G. Melo

Mineiro de Belo Horizonte. Fã de Hard Rock e Heavy Metal, especialmente a partir dos anos 80, não dispensa um disco ao vivo destes estilos. Entre várias de suas bandas preferidas estão Ratt, Aerosmith, Buckcherry, The Cult, Whitesnake, Whitecross, Guns N´ Roses e Motley Crue.

Mais matérias de Paulo Giovanni G. Melo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online