RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemO hit de Cazuza feito durante internação e que seria indireta para affair Ney Matogrosso

imagemManeskin e o grande temor que Gastão Moreira tem em relação à banda

imagem"Hi Regis, I'm Paul!": o dia em que Paul McCartney ligou para Regis Tadeu

imagemO protagonismo do Sepultura em relação a Anitta, segundo João Gordo

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemRenato Russo tentava boicotar Legião marcando show em dia de jogo na copa de 1994

imagemBob Dylan revela como conhecer seu maior ídolo o fez deixar de venerar pessoas

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemA surpreendente música do Metallica que Trujillo mostraria para quem não conhece a banda

imagemPor que Casagrande precisou de escolta de psicóloga para participar de programa de Gordo?

imagemBlack Sabbath: 4 obscuras influências musicais da formação original

imagemGuns N' Roses no Allianz Parque de SP: veja setlist e vídeos da apresentação

imagemO motivo pelo qual Pete Townshend disse se arrepender de integrar o The Who


NFL Steve Harris

Detonautas: líder comenta sobre matéria no G1 e Lei Rouanet

Por André Nascimento
Fonte: Facebook-Tico Santa Cruz
Em 23/02/13

Usando seu perfil no Facebook, o vocalista do DETONAUTAS ROQUE CLUBE Tico Santa Cruz comentou sobre a matéria publicada no G1 Música na qual foi mencionado que sua banda teve aprovado o pedido para captação de recursos (R$ 1.086.214,40) via Lei Rouanet para uma turnê de 25 shows.

Santa Cruz escreveu o seguinte post:

"Declaração sobre a MATÉRIA DO SITE G1 onde o DETONAUTAS FOI MENCIONADO.

Sou um artista transparente e ao conseguir a aprovação de um incentivo para nossas apresentações com a Lei Rouanet vou deixar aqui muito claro como funcionará essa questão com o DETONAUTAS tendo em vista que a proposta tem por condição captação dos recursos das empresas que possam se interessar em investir e esse é um dinheiro público.

Hoje o G1 colocou no ar a matéria que está no link deste post. Dei uma longa entrevista ao jornalista Rodrigo Ortega e parte dela se encontra nesse artigo.

Uma passagem que não entrou da minha entrevista diz respeito a um fato FUNDAMENTAL, onde eu explanei sobre a questão de ARTISTAS FAMOSOS conseguirem CAPTAR recursos de forma mais eficiente do que artistas que não tem tanta projeção Nacional e isso é bem SIMPLES DE ENTENDER pois segue a MESMA LÓGICA USADA PELO SITE G1 PARA CHAMAR ATENÇÃO DO PÚBLICO PARA ESSA MATÉRIA.

Nesse ano foram mais de 500 PROPOSTAS APROVADAS, mas a chamada da NOTÍCIA para ganhar visibilidade dos leitores colocou quem?
DETONAUTAS, RITA LEE, CLÁUDIA LEITTE e Humberto Gessinger.

Por que?

Porque são artistas conhecidos.

As empresas não pensam diferente, eles querem sua marca atrelada ao que possa lhes dar visibilidade. Por esse mesmo motivo é que O G1 também omitiu o nome dos projetos de artistas desconhecidos. Chamaria atenção se o "Voluntários da Pátria" conseguisse aprovar a captação se pouca gente conhecesse o "Voluntários da pátria" ?

Então a questão é buscar uma solução para que aqueles que não desfrutam de fama ou prestígio NACIONAL, consigam desenvolver o interesse das GRANDES EMPRESAS EM INVESTIR EM SEUS PROJETOS. Pois esse é o grande entrave da lei e não quem consegue ou não aprovar o PRONAC.

Como poderíamos pensar numa solução para isso?

Talvez agregando projetos de artistas menos famosos a artistas mais conhecidos ou aumentando o incentivo para as EMPRESAS QUE BUSCASSEM A PARCERIA COM esses nomes que batalham tanto e merecem a mesma oportunidade, embora não tenham tanta visibilidade nacional.

Mas isso é uma questão a ser pensada por quem criou a lei.

É claro que o VALOR de cada um pode mudar bastante, assim como os cachês, custos de produção e tudo que envolve um grande show tem variações de custos de cidade para cidade, artista para artista.

Não conheço o projeto da Cláudia Leitte e nem da Rita Lee ou do Humberto. O que posso falar é sobre o Projeto do Detonautas.

O nosso tem um aval para buscar a captação em cima 1.086.214,40 - Pode parecer um valor ALTO, mas isso não é NADA perto do cachê de artistas consagrados como IVETE SANGALO, LUAN SANTANA, MICHEL TELÓ ou qualquer grande nome popular da música Brasileira que cobra em média de cachê POR SHOW - 100, 200, 300 E ATÉ 650 mil reais. Um milhão de Reais, artistas muito populares fazem em 2 finais de semana.

Nosso projeto é para 25 shows em 25 cidades - bancando TODA A ESTRUTURA NECESSÁRIA PARA A REALIZAÇÃO DO MESMO, que vai do Transporte e alimentação, aos custos gerais de uma produção.

Além disso, nós estamos oferecendo como contra proposta CULTURAL E SOCIAL a realização de oficinas de literatura, poesia e música com os integrantes do Detonautas, para alunos de Escolas públicas de cada lugar onde conseguirmos chegar com esse show.

TODO GASTO NESSE PROJETO TEM QUE TER RIGOROSAMENTE AS PRESTAÇÕES DE CONTAS. Se alguém comprar UMA CAIXA DE FÓSFORO PARA ACENDER UMA VELA, precisa prestar conta. É assim que funciona.

Sendo assim, antes que joguem pedras ou venham reclamar sobre o fato de que nós conseguimos a APROVAÇÃO PARA CAPTAR ESSES RECURSOS - lembre-se ainda temos um longo caminho pela frente. Precisamos achar empresas que tenham interesse em INVESTIR NESSA TOUR E QUE QUEIRAM SER ALIADAS DO PROJETO - Alguns shows serão gratuitos e outros a preços populares como ESTÁ PREVISTO PELA LEI na concepção dessa iniciativa.

ESPERAMOS conseguir parceiros o quanto antes para COLOCÁ-LO EM PRÁTICA, certos de que estarão ALIANDO SUA MARCA A UMA BANDA HONESTA E QUE TRABALHA SOCIALMENTE E CULTURALMENTE com a JUVENTUDE DESSE PAÍS.

Espero que tenha ficado bem CLARO e torço para que outros artistas consigam também a captação para seus projetos.

Atenciosamente
Tico Sta Cruz".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Tico Santta Cruz elogia SUS e diz que vacinas garantiram liberdade para trabalhar

Rockstars desejam boa recuperação para Anitta após cirurgia no útero

Tico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

Tico Santta Cruz cita Anitta e ironiza cachês milionários do sertanejo

Tico Santa Cruz: "O rock ficou muito bem comportado"

Tico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

Tico Santa Cruz: um comovente texto sobre suicídio de Champignon

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre André Nascimento

Colaborador sem descrição cadastrada.

Mais matérias de André Nascimento.