Troggs: morre o vocalista Reg Presley

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Reg Presley, vocalista do THE TROGGS, faleceu após perder uma batalha contra o câncer de pulmão. Presley, 71, morreu em casa, ontem (04 de fevereiro) em Andover, na Inglaterra.

Rafael Serrante: Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In RioMetallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

"Ele morreu em paz em casa", disse sua filha Karen Wenn. "Eu, meu irmão e nossa mãe estávamos com ele. Estamos absolutamente de coração partido". Presley foi diagnosticado com câncer no início de 2012, e anunciou sua aposentadoria do mundo da música há quase um ano, dando a notícia através do site do TROGGS. "Eu tive que dar uma pausa com o TROGGS e me aposentar. Eu gostaria de aproveitar esta oportunidade para agradecer a todos pelas cartas e telefonemas e por seu amor, lealdade e apoio ao longo dos anos", escreveu.

Presley nasceu Reginald Maurice Ball em 12 de junho de 1941 e, como inúmeros daquela geração, encontraram um lar no mundo do rock and roll. THE TROGGS foi formada em 1964, mas, só chamou a atenção do público em 1966 com seu segundo single. Com o rosnado anasalado de Presley abrindo o caminho, "Wild Thing" se tornou um hit número 1 para a banda no verão de 1966, e cimentando para sempre o seu lugar na história do rock and roll. A partir desse ponto, os TROGGS lançaram uma incrível série de singles, incluindo "With A Girl Like You", "I Can't Control Myself" e "Love Is All Around".

Seu estilo era rude e cru, mas sempre com uma melodia cativante em seu núcleo. Eles não se limitavam a um único truque também, com estilos que vão desde a explosão do punk de garagem 'Wild Thing', do som chiclete de "Hip Hip Hooray" e do hard rock de "Come Now". Os TROGGS botaram a sua mão em tudo isso, e conseguiram fazer coisas boas mais frequentemente do que falharam.

Eles marcaram outro hit Top 10 em 1967, com o bonito pop de "Love Is All Around", enquanto no mesmo ano, sua canção mais conhecida é renovada por ninguém menos que JIMI HENDRIX durante sua apresentação lendária em Monterey. Embora nunca mais tenham alcançado as alturas de "Wild Thing", a banda nunca parou de se apresentar, até a aposentadoria de Presley.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Troggs"


Rafael Serrante: Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In RioRafael Serrante
Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield choraremMetallica
A letra que fez Hammett e Hetfield chorarem


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adClioIL