Assassin: elogiando shows do Nervochaos e Headhunter D.C.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Facebook
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nos últimos anos, temos, felizmente, recebido uma boa quantidade de shows internacionais em nosso país. E mais felizmente ainda, estes shows não tem se limitado ao eixo Rio-São Paulo e a capitais que já se acostumaram a receber grandes bandas, como Porto Alegre e Belo Horizonte. Fortaleza, onde resido, também tem recebido grandes bandas como o TANKARD, muito recentemente e o SAXON, quando comecei a contribuir para o Whiplash e a campanha para receber o IRON MAIDEN continua.

Angra: versões bizarras de músicas da bandaEdu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Hoje, até mesmo cidades do interior do Brasil tem tido a chance de receber grandes nomes da cena nacional e internacional, como Juazeiro do Norte, no Ceará, que é um dos destinos da turnê do ENFORCER, um dos nomes mais em evidência no mundo do Heavy Metal atual.

Além disso, nossos artistas também tem conquistado o público em turnês na Europa, Japão e América do Norte, mostrando que o Brasil tem mais a oferecer que apenas SEPULTURA e ANGRA (não que ambas as bandas não sejam grandes expoentes em seus respectivos estilos). Um exemplo é a união das bandas brasileiras de death metal NERVOCHAOS e HEADHUNTER D.C. que se juntaram para uma turnê europeia. Bem, em tudo isso não há nenhuma novidade.

E o sucesso que as bandas underground brasileiras fazem lá fora também pode ser medido através dos comentários feitos por integrantes de bandas gringas sobre o som das bandas daqui. Em uma entrevista recente, Mille Petrozza, vocalista do KREATOR, citou o VIOLATOR como uma de suas bandas novas preferidas. Olaf Sizzel, baterista do TANKARD, também me contou que escuta muito RATOS DE PORAO.

A banda ASSASSIN, também da Alemanha, foi mais uma a demonstrar empolgação com nosso som. A banda postou em seu facebook oficial duas fotos do NERVOCHAOS, tiradas em um show no bar The Cave, em Amsterdã, na Holanda. Os alemães disseram:

"Estivemos em um show em Amsterdã ontem para ver o NERVOCHAOS, do Brasil. Grande banda. Grandes caras. Música maravilhosa!"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Assassin"Todas as matérias sobre "Nervochaos"Todas as matérias sobre "Headhunter D.C."


Krisiun: se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa, diz MoysesKrisiun
Se não tivessem agido rápido, a banda poderia ter sido presa, diz Moyses

Death Metal: 5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutarDeath Metal
5 álbuns nacionais que não se pode deixar de escutar


Angra: versões bizarras de músicas da bandaAngra
Versões bizarras de músicas da banda

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336