Metallica: Trujillo fala sobre "Baixo do Destino" de Pastorius

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Noisecreep, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/07/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


O baixista do METALLICA, Robert Trujillo, recentemente sentou com a Fender para discutir seu amor pelos instrumentos da companhia, o impacto que eles tiveram na música que ele ama, e ofereceu também um update do atual estado do "Baixo do Destino", que originalmente pertencia a seu ídolo, Jaco Pastorius.

496 acessosMetallica: reveja performance completa em São Francisco5000 acessosCannibal Corpse: o pescoço gigante de George Fisher

"Se fosse uma prancha de surfe, eu teria surfado cada onda do mundo, desde o primeiro dia até agora." Disse Trujillo sobre a influência da Fender sobre sua música. Ele continua: "A Fender significa tudo para mim. É consistente, é clássico. A mágica neste instrumento é algo em que você pode confiar."

Trujillo também falou sobre o atual estado do "Baixo do Destino", o famoso Fender Jazz Bass de 1962 que pertenceu ao seu herói, o fenômeno do baixo Jaco Pastorius. O instrumento foi roubado de um banco de parque em Greenwich Village, em Nova York, em 1986, e permaneceu perdido até aparecer em 2007 em uma pequena loja de instrumentos no lado Leste em Manhattan. O dono da loja comprou-o usado de um vendedor anônimo por uma pequena soma, e recusou-se a entregá-lo para a família de Pastorius depois de descobrir sua origem. Após uma intensa batalha legal entre as partes - e com a ajuda de Trujillo, que tornou-se amigo da família - o caso foi resolvido e o baixo voltou aos seus legítimos donos. Para agradecê-lo por sua ajuda, o baixo foi dado a Trujillo em um acordo com a família, de que se eles precisassem do instrumento de volta por qualquer razão, eles poderiam tê-lo.

"Setembro passado eu o toquei pela primeira vez no Estádio Yankee. Foi a primeira vez em muitos, muitos anos que ele foi tocado em frente à plateia de Nova York." Explica Trujillo. A família Pastorius estava presente, e Trujillo escolheu tocar um tributo a Jaco e Cliff Burton - seus dois grandes heróis - com "For Whom The Bell Tolls" usando o lendário instrumento. Trujillo fala sobre este sentimento: "Foi um momento muito especial em minha vida. Foi também especial para a família e especial para o instrumento."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

MetallicaMetallica
Geddy Lee poderia ter produzido o "Master of Puppets"

496 acessosMetallica: reveja performance completa em São Francisco1309 acessosHeavy Metal: em vídeo, dez grandes hinos sobre o gênero951 acessosMegadeth: banda trabalha em novo disco, diz David Ellefson0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Rock and RollRock and Roll
NME elege momentos mais controversos

MetallicaMetallica
As 10 melhores músicas segundo a Loudwire

MetallicaMetallica
Lars Ulrich fala sobre sua coleção de arte

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Instrumentos"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"


Cannibal CorpseCannibal Corpse
O impressionante pescoço gigante de George Fisher

Axl RoseAxl Rose
A carta que não entrou em "Chinese Democracy"

Heavy MetalHeavy Metal
Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire

5000 acessosGuns N' Roses: a história da saída de cada integrante5000 acessosAC/DC - Perguntas e Respostas5000 acessosMetallica: os segredos de "Enter Sandman"5000 acessosSlipknot: Arlequina foi a show e descobriu que os fãs assistem novela4916 acessosCores: Propaganda de produto de limpeza usa bandas5000 acessosQueen: Freddie Mercury é o melhor vocalista da história, segundo a ciência

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online