Beatles: Em 1962, a demissão que mudou a história do rock

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 16/08/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A possivelmente mais célebre demissão da história do rock ocorreu no dia 16 de Agosto de 1962, quando, pouco antes de gravarem seu single de estreia, os BEATLES deram as contas para o baterista PETE BEST.

656 acessosFoo Fighters: como foi gravar com Paul McCartney no último disco?5000 acessosLauren Harris: Como é ser filha do baixista do Iron Maiden

Dois meses antes, o grupo havia sido aprovado em um teste para a gravadora Parlophone Records. Mas enquanto o produtor GEORGE MARTIN gostou do que ouvira, ele ficou insatisfeito com Best. Ele disse aos Beatles que, mesmo eles podendo usá-lo ao vivo, ele traria um baterista para as gravações. Os outros Beatles, junto com o empresário BRIAN EPSTEIN, discutiram a situação e decidiram que era necessário o desligamento do baterista de uma vez por todas. No dia 16 de Agosto, Epstein chamou Best a seu escritório e o comunicou de sua demissão.

Conhecido em Liverpool como “maldoso, temperamental e magnífico”, Best tinha entrado pros Beatles dois anos antes, quando eles precisavam de um baterista pra uma então vindoura temporada em Hamburgo. O teste dele foi feito um dia antes de a banda embarcar para a Alemanha. Mas sua personalidade difícil nunca se encaixou bem com a dos ‘leves’ Beatles, recusando-se até mesmo a adotar o que depois ficaria famoso como o “corte de cabelo dos Beatles”.

Best era o Beatle mais popular entre as mulheres e por muito afirmou que ele fora despedido porque eles tinham ciúmes de sua aparência. Mas quando cinco faixas do teste dos Beatles para a Decca foram lançadas oficialmente na coletânea “Anthology” de 1995, ficou provado que a habilidade de Best à bateria – tanto em termos de tempo como de criatividade – era inferior à de seu substituto. RINGO STARR entraria para o grupo poucos dias depois.

Comente: Os Beatles poderiam seguir sem um dos quatro?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

George HarrisonGeorge Harrison
Ronnie Von cometeu gafe e deixou de gravar com ele

656 acessosFoo Fighters: como foi gravar com Paul McCartney no último disco?220 acessosBeatles: singles natalinos serão relançados em dezembro840 acessosPipocando Música: 8 teorias de artistas que foram trocados933 acessosPaul McCartney: a máquina do tempo e as canções que não voltam mais0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Rock e metalRock e metal
O outro lado das capas de discos

Keith RichardsKeith Richards
Passeio movido a drogas com John Lennon

Top 500Top 500
As melhores músicas da história segundo a Rolling Stone

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"


Lauren HarrisLauren Harris
Como é ser filha do baixista do Iron Maiden

Music RadarMusic Radar
Os maiores frontmen de todos os tempos

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Alice Cooper e Emerson Fittipaldi

5000 acessosMilhões: Os eventos com maior público da história da música5000 acessosEm 11/10/1996: Morre Renato Russo, da banda Legião Urbana5000 acessosSeparados no nascimento: Paul Stanley e Sidney Magal5000 acessosRolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revista5000 acessosScream Blog Gore: Mapa-Mundi do Black Metal4197 acessosKorn: O que acontece quando um casal de pirralhinhos escuta a banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 16 de agosto de 2014
Post de 16 de agosto de 2015
Post de 16 de agosto de 2016
Post de 25 de agosto de 2017


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online