Avenged Sevenfold: entrevista com diretor de série animada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Arthur Belloni, Fonte: A7x Brazil Fan Club
Enviar correções  |  Ver Acessos

O jornalista Jeffrey Harris da 411mania.com conversou com o animador, diretor e produtor Jon Schnepp, diretor e produtor de desenhos animados como Metalocalypse e The Venture Bros. Nessa entrevista essa fala com foi chamado para dirigir e como foi o processo de produção da serie do Avenged Sevenfold.

Kerrang!: álbuns fantásticos com capas constrangedorasPink Floyd: a história por trás de "Animals"

Confira trechos onde Jon comenta sobre a série:

Jeffrey Harris: Então, como apareceu o projeto de animação do novo álbum do Avenged Sevenfold e como você se envolveu?

Jon Schnepp: Eu recebi um telefonema da Machinima, nós já tínhamos conversado sobre projetos diferentes. E quando esse projeto surgiu eles falaram que eu seria a pessoa perfeita. E o Avenged Sevenfold se sentia da mesma maneira. A banda estava trabalhando no projeto do novo álbum o Hail To The King, bem com toda esta história. Eles estavam querendo fazer um jogo para iPhone e eles queriam uma série animada que contasse a maior parte da história, como um previa para o jogo. E quando você começa o jogo, já entra com o personagem o Deathbat. Então o que eu estou fazendo, basicamente, é a previa da origem do Deathbat. Então, foi assim que tudo começou , e eles fizeram um teste na beta muito cedo do jogo que eu verifiquei. Eles tinham um esquema muito aproximado do desenho animado que eu estava indo para trabalhar. A Machinima trabalhou com Avenged Sevenfold na história e roteiro. Eu entrei e dirigi a voz com os atores. E ao longo dos últimos seis meses, apenas juntamos tudo, então realmente esta sendo um projeto divertido de se trabalhar, especialmente ter acesso a música do Avenged Sevenfold e todas as suas instrumentações. Então, eu era capaz de incorporá-lo todos juntos em um presente, você basicamente assistir a todos os seis episódios no total, e essa história contínua.

Jeffrey Harris: Alguma vez você esteve com o Avenged Sevenfold na realização deste projeto? E eles conseguiram ver como estava o projeto?

Jon Schnepp: Não muito. Nós conversamos . Estavam todos ocupados em turnê na Europa, então eu só organizei e eles viram e assinaram as coisas. E ouviram o rádio, foi como escola antiga -você está apenas ouvindo uma peça de rádio. Eles assinaram fora todos os designs de arte e de caráter. Eles estavam envolvidos em cada passo do projeto. Eu só queria ter certeza de que eles estavam capitando no que eu estava fazendo para eles, uma vez que os laços com seu jogo e do álbum que saiu antes do prazo. Foi esse tipo de processo. Nós não falamos ao telefone sobre o projeto. Nós só ia e voltava. "Veja isto". E eles disseram: "Sim, isso é perfeito. Ou isto e aquilo." Por isso, foi um projeto muito divertido.

Jeffrey Harris: Para um projeto como Hail to the King, este é um projeto que você pode fazer na maioria das vezes em casa, ou você teve que sair?

Jon Schnepp: Não, foi tudo em casa. Foi uma equipe muito pequena. Quero dizer a cada episódio é apenas três minutos e meio. Então nós fizemos seis deles. O orçamento não era gigante, então eu era capaz de mantê-lo muito apertado. E foi uma pequena equipe, e nós fizemos tudo aqui na Califórnia. Foi muito divertido . Eu fiz um monte de trabalho. Um casal de amigos veio e me ajudou a trabalhar em alguns deles. Como eu disse, é muito pequeno e um projeto muito divertido para trabalhar. Esperemos que muitas pessoas assistam o Hail to the King.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Avenged Sevenfold"


Kerrang!: álbuns fantásticos com capas constrangedorasKerrang!
álbuns fantásticos com capas constrangedoras

Avenged Sevenfold: as mulheres da vida dos integrantes da bandaAvenged Sevenfold
As mulheres da vida dos integrantes da banda

Machine Head: teria o A7X plagiado a imagem usada no palco?Machine Head
Teria o A7X plagiado a imagem usada no palco?

Piercings: nem todo rockstar é capaz de usar, veja algunsPiercings
Nem todo rockstar é capaz de usar, veja alguns


Pink Floyd: a história por trás de AnimalsPink Floyd
A história por trás de "Animals"

Solos: Alguns dos mais bonitos do Heavy MetalSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Separados no nascimento: sou só eu, ou eles são parecidos?Separados no nascimento
Sou só eu, ou eles são parecidos?

Velocidade: Top 10 de músicas de Metal para ser multadoVelocidade
Top 10 de músicas de Metal para ser multado

Burzum: A polêmica história e filosofia de Varg VikernesBurzum
A polêmica história e filosofia de Varg Vikernes

Jack Bruce: Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!Jack Bruce
"Foda-se o Led Zeppelin, eles são um lixo!"

Iron Maiden: Nicko Mcbrain tocando clássicos no restauranteIron Maiden
Nicko Mcbrain tocando clássicos no restaurante


Sobre Arthur Belloni

Conheci o Rock antes de entrar na escola, com 4 anos de idade quando meu pai trouxe o CD "Appetite For Destruction" do Guns N' Roses pra casa, desde então cresci ouvindo Rock. Conheci várias bandas e com 6 anos já estava escutando Slipknot. Depois de ter feito uma tentativa fracassada de ser baterista, comecei a me dedicar a guitarra, instrumento que toco há alguns anos. Dentre as bandas que mais gosto estão além de GN'R, Iron Maiden, Avenged Sevenfold, Metallica, Slipknot e Kiss. Hoje eu sou Redator e responsável pelo A7x Brazil Fan Club, um fã site do Avenged Sevenfold.

Mais matérias de Arthur Belloni no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336