Dave Mustaine: foi Deus que o enviou para o AA

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Em uma nova entrevista com o Reno Gazette-Journal, o frontman do MEGADETH, Dave Mustaine, falou sobre a faixa de abertura de seu novo álbum, "Super Collider", "Kingmaker", que é descrita como uma forte narrativa da indústria farmacêutica na sociedade, em particular em relação aos adolescentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Quando eu estava crescendo, maconha era a grande moda entre os caras mais jovens." Disse Mustaine. "Eu fumei quando tinha 13 anos. Agora, você vê vários garotos mais jovens usando crack e ecstasy e crystal meth. Isso é muito triste, e por mais que eu não negue a ninguém o direito de ter uma experiência fora de seu próprio corpo, a música pode fazer isso por você. O Amor pode fazer isso por você."

"Minha preocupação é ter uma nova geração de pessoas que realmente não querem experimentar qualquer emoção, seja ela para si mesmo ou para com as pessoas ao seu redor."

"Ao invés de aprender a se comunicar e dividir suas emoções com outras pessoas, nós estamos colocando elas em coisas psico-farmacêuticas para calar a boca de todos. Bem como 'One Flew Over The Cuckoo's Nest'."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mustaine que cresceu como testemunha de Jeová, agora é um Cristão renascido, e também falou sobre seus próprios vícios, sua luta e como a espiritualidade o ajudou em sua recuperação.

"É estranho." Disse. "Eu fui forçado a ir ao AA, e eu odiei, mas eu cheguei em um ponto em que eu sabia que estava na hora. Foi o seguinte, Deus entrou na minha vida e me enviou para o AA. Então após ficar sóbrio, ele me enviou de volta para ele. Agora eu tenho esta relação bem simples entre Dave e o Cara Lá de Cima. Não há intermediários. Não tem nada chique. Não tenho que pagar uma mensalidade ou algo assim. E eu não empurro minhas crenças para os outros, é sobre atração, não promoção."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De acordo com Mustaine, ele não mais se incomoda com as críticas que foram feitas a ele com o passar dos anos.

"Eu aprendi a deixar essas coisa para trás." Disse Mustaine. "Mas eu tenho uma atenção sobre o que os fãs estão dizendo sobre o que gostam e não gostam em nossos shows ou seleção de músicas. Gosto quando posso ler reviews orientados pela músicas."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Não há nada pior que ler reviews de alguém dando uma análise psicológica da banda." Afirmou. "Eu não ligo se o cara é desbalanceado. Como é a música? Eu não ligo se você não gosta do cara ou da banda que você veio ver. A música é legal? O que importa é a música, certo?"




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Andre Matos declara: O Angra tinha que acabar!Andre Matos declara
"O Angra tinha que acabar!"

Aerosmith: Tyler acha que Kiss é banda de história em quadrinhosAerosmith
Tyler acha que Kiss é banda de história em quadrinhos


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336 GooAdHor Cli336 Goo336 Goo336