Gus G: ele não fazia solos longos até entrar na banda de Ozzy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar Correções  

Não há maior honra no heavy metal/hard rock do que ter tocado com OZZY OSBOURNE. "Ainda fico me beliscando". Disse Gus G (cujo nome real é Kostas Karamitrousdjs) sobre sua cobiçada posição. "Eu aproveitei cada momento que estive com Ozzy, foi ótimo obter a experiência de tocar nos grandes palcos e ter esse nível de reconhecimento. Fez-me um músico muito melhor."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele continua: "Eu tinha uma grande posição para preencher - vários lendários guitarristas vieram antes de mim - então você somente espera fazer tudo certo. Mas mais uma vez, eu sou o tipo do cara que gosta de desafios na vida, então ao mesmo tempo também estou mandando vir."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele também fala que fazer solos [ele se refere aos longos solos individuais] é de alguma forma intimidador e isso é algo em que ele ainda está trabalhando: "Eu na verdade não sabia um solo de guitarra até me juntar à banda de Ozzy, e então ele começou a me pedir, porque seus guitarristas sempre fazem solos de guitarra, e eu fiquei: 'Uau, tenho que aprender a fazer solos agora.' e foi na verdade uma coisa assustadora, estar no palco sozinho e tentar preencher uma lacuna de cinco a dez minutos com sua guitarra, sem entendiar ninguém." Diz.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Os Trapalhões: uma homenagem ao Heavy Metal em 1985Os Trapalhões
Uma homenagem ao Heavy Metal em 1985

Cinco contra um?: Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcouCinco contra um?
Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcou


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

CliIL Goo336 Goo336