Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemCinco bandas de rock que gravaram músicas de Michael Jackson, o Rei do Pop

imagemBenny Anderson toca música do Foo Fighters por ter visto Dave Grohl homenageando Abba


Stamp

Racismo: documentário aborda preconceito contra negras no Metal

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 25/01/14

Um novo vídeo jornalístico da Global Television foca nos obstáculos encarados por mulheres negras que amam heavy metal.

O minidocumentário concentra-se basicamente em duas pessoas – LAINA DAWES, uma fã de longa data de metal, fotógrafa especializada em rock e autora do livro ‘What Are You Doing Here?: A Black Woman’s Life And Liberation In Heavy Metal’ e MilitiA Voxx, uma vocalista de heavy metal de Nova Iorque.

Ambas são grandes fãs de heavy metal, e as duas tem uma história fascinante para contar a partir de uma perspectiva que é extremamente sub-representada dentro de nossa cultura. Mulheres negras que curtem metal são poucas e isoladas, e algumas das histórias que tanto Laina como MilitiA tem para compartilhar são igualmente fascinantes, chocantes e profundamente emocionantes.

Confira um trecho abaixo:

What Are You Doing Here?: A Black Woman’s Life And Liberation In Heavy Metal" já está disponível pela editora Bazillion Points e seu prefácio é escrito pela vocalista do SKUNK ANANSIE, SKIN.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Estúdios: Os 10 que você deve conhecer antes de morrer



Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.