Impellitteri: gravar com computadores é fazer sexo consigo mesmo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar Correções  

O guitarrista Chris Impellitteri (IMPELLITTERI, ANIMETAL USA) recentemente postou a seguinte mensagem em sua página no Facebook:

"As bandas não gravam mais ao vivo? Ou eles fazem todas as gravações em seus quartos e depois enviam os arquivos para os outros?

Essa música instrumental do IMPELLITTERI, chamada ‘Screaming Symphony’ foi gravada em um take pela minha banda enquanto tocávamos para algumas centenas de pessoas no NAMM. Desde então, eu não gravei esta música no estúdio, já que eu queria ter ela imortalizada da forma mais crua possível, e eu nunca a regravei usando Pro-Tools ou qualquer outro programa de computador.

publicidade

publicidade

Como efeito, o que você escuta, é o que você recebe, o que significa que os artistas tem uma chance de tocar suas partes corretamente, já que não existe computador ou segundo take para consertar seus erros.

Um amigo na audiência também gravou essa música usando uma câmera barata para documentar a música.

Compartilhar arquivos entre músicos para criar um música parece chato e impessoal para mim. As bandas precisam voltar a gravar ao vivo com seus outros membros, para que possam se comunicar musicalmente e tocar com os outros. Lembra do VAN HALEN 1? Gravação com computadores é como fazer sexo com você mesmo; isso funciona, mas eu acho que você preferia ter alguma outra pessoa, ou pessoas, enquanto estiver fazendo isso... haha!"

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Chris Impellitteri: mensagem desaforada para o KissChris Impellitteri
Mensagem desaforada para o Kiss

Heavy Metal: Alguns discos que são obras-primas pouco lembradasHeavy Metal
Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas


Separados no nascimento: Roger Waters e Richard Gere.Separados no nascimento
Roger Waters e Richard Gere.

Rock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin