Ozzy Osbourne: por que Chris Impellitteri não quis entrar para a banda dele

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: The Metal Voice / Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

O guitarrista Chris Impellitteri revelou, em entrevista ao The Metal Voice transcrita pelo Blabbermouth, que já foi chamado para entrar na banda de Ozzy Osbourne. O convite aconteceu em meados de 1986, antes de Jake E. Lee ser dispensado do grupo.

Ozzy e Sharon Osbourne: filme sobre a vida do casal está sendo produzidoMetallica e Iron Maiden: veja a diferença absurda de faturamento em shows nos EUA

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Inicialmente, o músico contou que já foi chamado para bandas cujos nomes não citaria, pois os guitarristas ainda fazem parte delas. Depois, citou o convite feito por Ozzy Osbourne.

"Não sei se exagero na verdade, mas vou contar o que lembro - e desculpe pela confusão com anos, mas foi antes de Zakk (Wylde). Acho que foi em 1986 ou 1987. Jake E. Lee ainda estava na banda. Eu morava com um colega de quarto que me mostrou a secretária eletrônica com Sharon Osbourne querendo falar comigo", disse, citando a esposa e empresária do Madman.

Impellitteri contou que, na ligação, Sharon perguntou se ele estaria interessado em se tornar o guitarrista de Ozzy. "Lembro de pensar sobre isso. Na época, minha banda Impellitteri assinou com a Relativity e a Sony, antes do álbum 'Stand In Line'. Tínhamos um contrato. Eu queria entrar, Randy (Rhoads) era um herói para mim. Não gosto de tocar criações dos outros, mas eu o amava tanto que gostaria de fazer isso. Eles me ligaram e conversamos umas 5 vezes, mas eu já tinha um contrato", afirmou.

O músico destacou que recusar um convite desse porte foi algo "idiota", mas comentou que as conversas por telefone "não foram a lugar nenhum". "Na época, Jake continuou na banda. Minha memória também pode estar um pouco distorcida, então eu evito dizer que havia um cheque de 1 milhão de dólares me esperando. Não foi nada desse tipo, nem tivemos compromisso. Acho que eles estavam interessados em mim e acho que começou com um cara da Atlantic que era amigo deles e mostrou músicas minhas. Eu só tinha o EP do Impellitteri na época", disse.

E se fosse hoje?

Perguntado se gravaria um álbum com Ozzy Osbourne hoje em dia, Chris Impellitteri respondeu: "Acho que sim. Seria um bobo se não aceitasse. Mas eu iria fazer um disco como 'Diary of a Madman' (1981). Eles aceitariam? Ouvi o disco mais atual dele ('Ordinary Man') e Ozzy soa ótimo, mas soa muito 'Pro-Tools' (programa de gravação que permite ajustar diversas imperfeições). Ouço como guitarrista e não significa muito para mim, embora sejam boas músicas".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Definindo-se como um "cabeça-dura", Impellitteri disse que aceitaria hoje se o estilo do início da carreira solo de Ozzy fosse retomado. Já na década de 1980, ele estaria mais aberto.

"Em 1986, eu seria capaz de fazer isso. Eu iria reclamar para fazer outro álbum como 'Diary'. Será que faria sucesso? Ele teve mais sucesso nos anos posteriores. Há ótimas músicas com Zakk Wylde, que elevaram o patamar de Ozzy. Por outro lado, sou um headbanger 'hardcore'. Será que iria chatear alguém? Não sei", disse.

Confira a entrevista na íntegra (em inglês, sem legendas) no player de vídeo a seguir:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"Todas as matérias sobre "Impellitteri"


Ozzy e Sharon Osbourne: filme sobre a vida do casal está sendo produzidoOzzy e Sharon Osbourne
Filme sobre a vida do casal está sendo produzido

Metallica e Ozzy Osbourne: Diante de perdas trágicas, restou mais evoluçãoMetallica e Ozzy Osbourne
Diante de perdas trágicas, restou mais evolução

Ozzy Osbourne: por que Andrew Watt relutou em ser o produtor do novo discoOzzy Osbourne
Por que Andrew Watt relutou em ser o produtor do novo disco

R.I.P.: nomes do rock que morreram em 2020R.I.P.
Nomes do rock que morreram em 2020

Ozzy Osbourne: Ele exalta Andrew Watt e critica alguns produtores c*zões do passadoOzzy Osbourne
Ele exalta Andrew Watt e critica alguns produtores "c*zões" do passado

Sharon Osbourne: A vulnerabilidade de Ozzy Osbourne e o que é um rock starSharon Osbourne
A vulnerabilidade de Ozzy Osbourne e o que é um rock star

Arquivo do Rock: Cinco anos do festival Monsters of Rock de 2015Arquivo do Rock
Cinco anos do festival Monsters of Rock de 2015

Hellraiser: Renascido do Heavy MetalHellraiser
Renascido do Heavy Metal

Ozzy Osbourne: vendendo máscara facial e camiseta com a frase Fuck CoronavirusOzzy Osbourne
Vendendo máscara facial e camiseta com a frase "Fuck Coronavirus"

Chelsea Wolfe: cover de Crazy Train, de Ozzy, soa como trilha de terror; ouçaChelsea Wolfe
Cover de "Crazy Train", de Ozzy, soa como trilha de terror; ouça

Bernie Torme: Substituir Randy Rhoads era horrívelBernie Torme
Substituir Randy Rhoads era horrível

Ozzy Osbourne: quase 62 anos e continuo adorando sexoOzzy Osbourne
"quase 62 anos e continuo adorando sexo"


Metallica e Iron Maiden: veja a diferença absurda de faturamento em shows nos EUAMetallica e Iron Maiden
Veja a diferença absurda de faturamento em shows nos EUA

Deuses do Rock: o tempo passa para (quase) todos elesDeuses do Rock
O tempo passa para (quase) todos eles


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280