L.A. Guns: morre Michael Jagosz, vocalista original da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O vocalista original do L.A. GUNS, MICHAEL JAGOSZ, faleceu no último dia 9 de março, aos 48 anos.

Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estilo

Megadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jagosz foi frontman do L.A. Guns durante os primórdios da banda. O vocalista se apresentou pela primeira vez com a banda em 1983, e seria eventualmente substituído por W. AXL ROSE quando teve que cumprir uma pena de sete dias de reclusão por uma briga de bar. Jagosz acabaria voltando para o LAG e com eles lançaria um EP de quatro faixas chamado ‘Collector’s Edition No. 1’ em 1985, contendo as músicas ‘Don’t Love Me’, ‘When Dreams Don’t Follow Through’, ‘It’s Not True’ e ‘Something Heavy’. As 4 faixas acabariam ressurgindo como um disco bônus em ‘Hollywood Raw: The Original Sessions’, de 2004.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os detalhes de sua morte não foram revelados, mas a última postagem no Facebook de Jagosz afirmava: "Estou afundando".

Em um recente tweet, o fundador do L.A. Guns, TRACII GUNS, declarou: "Ah, cara, Mike Jagosz morreu… não sei de nada. Isso é loucura. Porra!" O membro do SYLENT STORM, JYM HARRIS, também confirmou o falecimento. "Tivemos nossas diferenças ao longo dos anos, mas na última vez em que falei com ele [28 de fevereiro] ele estava determinado a ficar de boa comigo em relação a tudo. Eu não tinha ideia de que ele estava morrendo. Faz sentido agora. Descanse em paz, meu amigo, sentiremos sua falta."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em uma entrevista de 2011 com o blog PROUD2BELOUD, Jagosz foi impiedoso com Axl Rose: "Para lhe falar a verdade em nome de Jesus Cristo… William Bailey só ficou na banda por duas porras de semanas. Eu tentei dar aulas de canto a ele… mas ele era péssimo. Eleito na categoria ‘com menor chance de dar certo’. Ele sempre foi um ser sub-humano patético. Ele morou na casa dos meus pais por mais de seis meses… nos sugando e usando heroína. Que viadinho. Acabei descobrindo que ele era um prostituto bichona na época. P-E-R-D-E-D-O-R. Ele vendia o cu dele para homens gays em troca de dinheiro. Mas ele ganhou 70 milhões. Ele era uma peça, ele era/é um parasita. Um verdadeiro bosta."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na mesma entrevista, Jagosz fez declarações bem mais afáveis sobre seu colega de banda Tracii Guns. "Tracii tentou me salvar de ser preso. Eu estava bêbado, querendo dirigir… ele escondeu minhas chaves. Na verdade, eu saí da banda logo depois do EP. Tracii Guns era um irmão de verdade. Não há como não amá-lo. Ele era o sucessor ao trono de Randy Rhoads."

Quando perguntado sobre o que ele achava da direção musical que o L.A. Guns acabaria seguindo, ele disse, ‘No começo eu odiei. Éramos Metal, aquelas porras de 3 acordes me matavam. Eu achava que Tracii era talentoso demaaaais para fazer aquela merda. Olhando agora ele ficou comercial para poder vender. Deus abençoe Tracii, ele viu o que não conseguíamos ver. ‘

Jagosz, nascido em 13 de Dezembro de 1965, deixa sua mãe, Rosa Caceres Jagosz, o filho Michael Jeffrey Jagosz e o irmão David Jagosz. Um serviço fúnebre está planejado para o dia 1 de abril.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo

Megadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeoMegadeth
Fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 Goo728