Lemmy Kilmister: "Estou saindo disso, estou melhor agora."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 01/04/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O lendário frontman do MOTORHEAD, Lemmy Kilmister, foi entrevistado na edição de 28-30 de março do programa de rádio Full metal Jackie. Alguns trechos estão transcritos abaixo.

5000 acessosAdeus: o último show de 10 rockstars que morreram nesta década5000 acessosGreen Day: 10 coisas que você não sabe sobre a banda

FMJ: É bom ouvir sua voz, já faz um tempo. O que você anda fazendo?

Lemmy: “Estou doente há um ano, mas estou saindo disso, estou melhor agora.”

FMJ: Está se sentindo bem?

Lemmy: “Ainda não, mas estou bem melhor do que estava me sentido, o que era terrível.”

FMJ: “Isso é bom, vou levar isso pelo lado positivo.

Lemmy: “Sim, são altos e baixos.”

FMJ: Você vai ter algumas datas em abril no Coachella, e parecem ser uma semana de datas. Você está ansioso para voltar à estrada?

Lemmy: “Já era hora.”

FMJ: “Você passou muito tempo na estrada em turnês. Você se sente deslocado quando não está na estrada?

Lemmy: “No começo sim, mas então ficou confortável. Mas eu vou ficar bem.”

FMJ: Mas você está ansioso?

Lemmy: “Sim, estou ansioso para ver as plateias de novo.”

FMJ: Eu sei que nós, os fãs, estamos ansiosos para ver você lá fora tocando novamente. Nós estamos aguardando isso. Isso vai acontecer em abril em uma semana de datas. O Coachella, onde você obviamente não tocou antes, não é?

Lemmy: “Nós vamos fazer dois shows no Coachella. O Primeiro e o último dias.”

FMJ: está ansioso para isso?

Lemmy: “Sim, sim, depende de como for o primeiro.”

FMJ: Por mais de 40 anos o MOTORHEAD tocou em incontáveis lugares, mas no papel, um cruzeiro parece ser o mais estranho deles. O que lhe encantou sobre o vindouro MotörBoat cruise?

Lemmy: “É algo que nunca fizemos. Nós tocamos em lugares onde havia uma porta de caminhão para deixar o palco, nós tocamos em uma prisão, nós tocamos em diversos lugares estranhos, mas nunca estivemos em um barco. Eu costumava ir, quando morava em Liverpool, ver os BATLES, eles faziam cruzeiros de rock and roll em dois velhos ferry boats. Você leva cinco bandas e você vai por três ou quatro horas, subiam no palco e depois voltavam. Nós costumávamos ir nesses e tivemos a ideia. Eu falei pro pessoal juntar as cabeças e pensar no que fazer, ou seria um fiasco incrível, entende?”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AdeusAdeus
O último show de 10 rockstars que morreram nesta década

808 acessosBrazilian Tribute To Motörhead: Torture Squad e Hatefulmurder688 acessosMotorhead: ouça o Genocídio no tributo brasileiro à banda2107 acessosCooking Hostile: Cozinhando com suas bandas preferidas1076 acessosMotorhead: ouça música de tributo brasileiro à banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

MotorheadMotorhead
A opinião de Lemmy sobre relacionamentos duradouros

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
O personagem de Super Mario que foi inspirado na lenda

Heavy MetalHeavy Metal
Os 10 discos essenciais lançados nos anos 1970

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 01 de abril de 2014
Post de 02 de abril de 2014
Post de 02 de abril de 2014

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Green DayGreen Day
10 coisas que você não sabe sobre a banda

MetallicaMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Monsters of RockMonsters of Rock
O que o festival nos ensina sobre preconceito

5000 acessosLemmy: "as pessoas se tornam melhores quando morrem"5000 acessosAs I Lay Dying: "90% das bandas gospel fingem fé pra vender mais"5000 acessosAxl: chatice e as estranhas festas para impressionar o Metallica5000 acessos10 anos de Temple of Shadows: A saga do Caçador da Sombra5000 acessosMetallica: Ron McGovney rebate declarações de Mustaine5000 acessosLemmy Kilmister: A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininha

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online