Foo Fighters: banda conseguiu licença para "ser estranha"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Classicrock, Tradução
Enviar Correções  

Dave Grohl acredita que o FOO FIGHTERS ganhou o direito de "ser estranho" – e está planejando tomar vantagem total disso em um próximo álbum.

Ele já está dando dicas sobre o conteúdo de seu oitavo álbum, que deve sair no outono, devido a uma série de documentários de TV.

Agora ele conta à Billboard: "Saindo do sucesso do último disco, eu pensei: ‘Nós temos agora licença para sermos estranhos. Se nós quiséssemos, poderíamos fazer algo louco, um sombrio disco do RADIOHEAD e assustar todos."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Então eu pensei: ‘Foda-se isso.’"

O sucessor de ‘Wasting Light’ de 2012 está, porém, marcado para ter "hinos de estádios". Adiciona o frontman: "Ao invés de trazer grandes refrões, porque é que nós fazemos, nós vamos jogá-los no meio dos instrumentos e vamos pegá-los de surpresa."

Ele se tornou interessado no mundo dos documentários após fazer seu filme Sound City. Como resultado, o vindouro disco do FOOS traz vários convidados, incluindo: Joe Walsh, Gary Clark Jr e Zac Brown, que foram gravados em estúdios em suas cidades natais, com filmagens para acompanhar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu percebi que a combinação de música e documentários funciona muito bem. A história dá substância e profundidade à música, o que cria uma conexão ainda mais forte."

Mas ele tem uma mensagem de alívio para os fãs que estão preocupados com o que ouviram até agora: "A música é uma progressão, uma evolução, claro – mas é um disco do FOO FIGHTERS, claro."

publicidade


Goo336 Goo336 CliHo WhiFin