Within Temptation: clipe da banda em dueto com o rapper Xzibit

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jonathan Silva, Fonte: Metal Sucks, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O gothic metal sempre foi conhecido pela dualidade "beauty and the beast" nas composições de algumas bandas. Epica, Tristania, Cradle of Filth e Theatre of Tragedy são algumas que se utilizam desse recurso onde a voz angelical e operística da vocalista é confrontada com vocais guturais e sinistros de um outro vocalista. O Within Temptation no seu mais novo single, "And We Run", também utiliza o estilo "beauty and the beast", mas de uma maneira inusitada. O vocal "beast" da canção é interpretado nada menos pelo o rapper americano Xzibit. A música é nos mesmos padrões de outras canções do Temptation: baladas pesadas alinhadas com o vocal sereno de Adel, além da adição das rimas fortes de Xzibit. Se o resultado está ruim ou não, cabe a você ver a seguir:

G.G. Allin: o extremo dos extremosPolêmica: as músicas mais controversas da história do Rock

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A faixa "And We Run" faz parte do mais novo álbum da banda, "Hydra", lançado em janeiro desse ano. Além do rapper Xzibit, o disco também contou com a presença de Howard Jones (ex-Killswitch Engage), Dave Pirner (Soul Asylum) e Tarja Turunen.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Within Temptation"


Machismo na música: Sharon den Adel e Amy Lee falam sobre o assuntoMachismo na música
Sharon den Adel e Amy Lee falam sobre o assunto

Symphonic Metal: As dez cantoras mais influentes e impressionantesSymphonic Metal
As dez cantoras mais influentes e impressionantes


G.G. Allin: o extremo dos extremosG.G. Allin
O extremo dos extremos

Polêmica: as músicas mais controversas da história do RockPolêmica
As músicas mais controversas da história do Rock


Sobre Jonathan Silva

Jonathan Silva, freak de nascença, é um aspirante medíocre a jornalista e interessado em literatura marginal e vídeo games violentos. Começou a ouvir na infância bandas do mainstream do rock nacional até o momento em que descobriu o Iron Maiden. Daí, começou uma miscelânea de estilos, que vai desde o jazz erudito até o mais barulhento das bandas de grindcore, passando por várias esquisitices sonoras. EM pleno séc. XXI, ainda é um comprador de CDs e DVDs, só que gasta com isso um valor bem menor do que gostaria.

Mais matérias de Jonathan Silva no Whiplash.Net.

adGoo336