Guns N' Roses: livro da Use Your Illusion Tour de ex-assistente

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodolfo Donato, Fonte: Paixão Gunner
Enviar correções  |  Ver Acessos


BenBella Books definiu a data de lançamento (13 de maio) do "Welcome To My Jungle", o livro de memórias do Guns N' Roses retratado pelo ex-assistente do vocalista Axl Rose, Craig Duswalt. Com muitas histórias de estrada entre 1991 e 1993, quando o GN'R era a maior banda do planeta.

Slayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxoLemmy: tatuagens, política, strippers e atrizes pornô

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os fãs do Guns N' Roses sabem que a Use Your Illusion Tour durou entre 1991 e 1993. Eles sabem que os ingressos para os concertos esgotavam em poucos minutos para que os fãs pudessem ouvir singles como "Welcome To The Jungle", "Sweet Child O 'Mine ", "Paradise City" e "November Rain" ao vivo. Eles também sabem que a "Use Your Illusion Tour" foi a última turnê da banda com o Slash e Duff McKagan. E sabem apenas de alguns rumores de histórias por trás da tour.

Felizmente para os fãs, Duswalt não apenas ouviu rumores, ele sabe o que se passou nos bastidores de um dos eventos musicais mais longos e mais populares que vivenciou.

Como gerente pessoal de Axl Rose durante a turnê mundial extremamente longa, Duswalt experimentou coisas que fariam a maioria das pessoas correrem para o outro lado e nunca olhar para trás. E em "Welcome To My Jungle", ele compartilha os acontecimentos reais, por vezes hilariantes, às vezes simplesmente irresponsáveis, e sempre insanos da turnê.

Uma verdadeira leitura obrigatória para os fãs Guns N' Roses, "Welcome To My selva" encanta os leitores com histórias em primeira mão, exclusivas, hilariantes e divertidas como:
- No dia em que Axl Rose, Kurt Cobain e Courtney Love travaram uma "grande guerra" nos bastidores do MTV Awards;
- Pelo Guns N' Roses estar sempre ligado a Charles Manson;
- A noite em que Liz Taylor entrou em um quarto onde Slash estava sem roupas - e ficou la por um longo tempo.

Apresentando fatos pouco conhecidos para os fãs do GN'R, "Welcome To My selva" mostra o lado de viver e trabalhar com uma banda muito popular, a partir do meio de um furacão Rock and Roll.

Para mais detalhes sobre algumas das histórias retratadas no livro, leia um artigo do New York Post (http://nypost.com/2014/05/03/axl-roses-insane-solution-for-exterminating-moths/) escrito por Larry Getlen.

Em uma nova entrevista com o MyGNRForum (http://www.mygnrforum.com/index.php?/topic/207113-mygnrforum-exclusive-interview-with-axls-former-manager-mr-craig-duswalt/), Duswalt falou sobre seu mandado com o GUNS N' ROSES: "Fui contratado como segundo assistente pessoal do Axl, sob um outro cara chamado Blake. Antes da turnê com o GN'R, eu excursionou com a banda AIR SUPPLY por cerca de seis anos. Na volta de 1985 ou 1986, Doug Goldstein assumiu a segurança do AIR SUPPLY, e nos tornamos grandes amigos. Doug se tornou gerente do GN'R, e um dia Doug me chamou do nada, para ver se eu estava interessado em ir para a estrada novamente. Eu disse que sim. Então entrei para a 'Use Your Illusion Tour' e me tornei assistente pessoal de Axl Rose. Depois que eu estava lá por alguns meses, Blake saiu, e eu me tornei o "cara principal" nos próximos três anos."

Ele continuou: "Eu basicamente tratava tudo a ver com o Axl. Se alguém queria falar com Axl, então esse alguém passaria por mim, ou por Doug Goldstein... Eu era responsável por sua casa, sua área de bastidores, e seu quarto de hotel, eu segurei o seu dinheiro. Eu tinha um assistente que também iria lidar com as compras de Axl, e executar tarefas regulares, todos os dias. Supervisionei isso também. Fiquei responsável também por garantir que Axl chegasse aos shows 'na hora' - a parte mais desafiadora do meu trabalho - um tempo depois eu entreguei esse trabalho para outra pessoa. Havia milhões de pequenas coisas como, bem, mas isso era a coisa principal."

Perguntado se ele apoia as formações do GN'R a partir de 2001, e se ele viu um show da banda, depois dos anos 2000, Craig disse: "Eu apoio Axl, ele era muito bom para mim e para minha família..."

"Eu vi pela última vez o GN'R no Universal Amphitheater, em 2006, e o show foi incrível. Depois do show, eu e meus amigos fomos convidados ao camarim do Axl. Normalmente minha esposa Natasha teria vindo, mas ela tinha sido diagnosticada com câncer e estava passando por quimioterapia e não tinha forças para ir ao show. Del James e Beta nos acompanharam até o camarim. Fazia bastante tempo que eu não tinha visto Axl. Quando o vejo, Axl me dá um abraço, e a primeira coisa que saiu de sua boca foi: 'Como está Natasha?' Isso é exatamente o que Axl Rose é."

Surpreendentemente, Duswalt também ressaltou que "Welcome To My Jungle" não é um livro que conta "tudo". Ele acrescentou: "Se você vai comprar o livro, achando que eu estou ali para compartilhar toda a sujeira, poupe o seu dinheiro, você vai ficar desapontado.

"Ao longo dos últimos vinte anos, todos que conheço que sabem que eu excursionei com o Guns N' Roses, sempre me pede para contar uma história ou duas. Bem, meu livro é preenchido com essas histórias - coisas engraçadas e interessantes que aconteceram na estrada e em turnê, com uma das maiores bandas de todos os tempos".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"


Tempo implacável: os rockstars também envelhecem parte 1Tempo implacável
Os rockstars também envelhecem parte 1

W. Axl Rose: ele é tudo que falta no rock de hoje, diz FortusW. Axl Rose
"ele é tudo que falta no rock de hoje", diz Fortus


Slayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxoSlayer
Quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo

Lemmy: tatuagens, política, strippers e atrizes pornôLemmy
Tatuagens, política, strippers e atrizes pornô


Sobre Rodolfo Donato

16 anos, estudante, residente de Campina Grande na Paraíba, começou a escutar bandas de Rock em 2007, como Guns N' Roses, da qual é muito fã, AC/DC, Metallica, Iron Maiden, Aerosmith e ZZ Top. Artista nacional que mais gosta é o Raul Seixas. Ainda não teve nenhuma experiência em show, mas logo logo pretende começar uma lista.

Mais matérias de Rodolfo Donato no Whiplash.Net.

adGoo336