Arch Enemy: Eles já esperavam que Angela fosse sair

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 10/06/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A PlanetMosh recentemente conduziu uma entrevista com o guitarrista Michael Amott, do ARCH ENEMY. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

5000 acessosOzzy Osbourne: 7 guitarristas que quase entraram para a banda5000 acessosFotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

PlanetMosh: Depois de mais de dez anos, Angela (Gossow, vocalista) deixou o Arch Enemy. Qual foi a reação da banda quando ela disse que queria ir embora?

Michael: Nós já esperávamos, na verdade, por isso não foi uma grande surpresa. Foi um processo de passo a passo; ela estava se distanciando, ou se acostumando com a ideia de adiantar as coisas [longe da banda], ocupando sua mente com isto. Então não foi uma surpresa inesperada. Eu achava que ela tinha muito mais para dar, de uma forma - um monte de gente pensou que ela tinha mais para oferecer como intérprete - mas ela não se sentia assim. Não tinha pensado em um plano B, por isso quando ela finalmente tomou uma decisão, isso nos deixou em uma posição onde não tínhamos uma vocalista. Nós ficamos tipo, "O que vamos fazer?". Havia dois caminhos: ou poderíamos acabar com a banda, fim, ou poderíamos tentar encontrar uma nova vocalista e continuar fazendo músicas juntos, e nós realmente gostamos disto, é a nossa vida.

É como nos expressamos e é isso que amamos fazer. Angela nos incentivou a continuar e ela sugeriu Alissa. Então ela foi o primeiro nome da nossa lista, por isso passei algum tempo pesquisando sobre ela e pensei que isso poderia ser muito legal. Depois que tudo se ajeitou, "OK, é isso", na próxima etapa você acaba ficando sem reação e deprimido, ou começa a pensar no que fazer. Acho que, na verdade, fiquei realmente energizado quando soube que ela queria sair, porque nos fez pensar de como seria se a banda acabasse, como seriam nossas vidas. Angela recebeu esse tipo de pergunta, e descobrimos que queríamos continuar fazendo música; não há mais nada que queremos fazer. É como tentar descobrir, bem, eu poderia ser jardineiro.. fazer o que?

Eu sou um guitarrista e compositor, e é isso que eu sou. Alissa aceitou em se juntar a nós e fizemos uma jam na sala de ensaios, ela colaborou um pouco dela no novo material, então nós fizemos algumas demos com ela na Suécia. Isso nos abriu os olhos, quando pensamos: "Isso poderia funcionar. Isso pode realmente ser o próximo capítulo do Arch Enemy". Então, foi emocionante e encorajador.

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo:
http://planetmosh.com/arch-enemy-interview-may-2014/

Fonte original desta matéria:
http://www.blabbermouth.net/news/arch-enemys-michael-amott-o...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
7 guitarristas que quase entraram para a banda dele

65 acessosEm 04/06/2014: Arch Enemy lança o álbum War Eternal533 acessosArch Enemy: As The Stages Burn! (Live at Wacken 2016)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Arch Enemy"

Metal suecoMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia

Arch EnemyArch Enemy
"Nós não queremos ser o próximo Metallica"

Angela GossowAngela Gossow
"Mulher numa banda de Metal sempre incomoda!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Arch Enemy"

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss, muito antes da fama

Heavy MetalHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo

Guns N RosesGuns N' Roses
Como eles eram... e como estão hoje

5000 acessosRita Lee: Ela participou de suruba com o Yes e furtou a cobra de Alice Cooper5000 acessosThe Voice: candidato canta Slipknot e passa para a próxima fase5000 acessosAxl Rose: Texto analisa rivalidade com Kurt Cobain5000 acessosScott Weiland: vocalista é encontrado morto em ônibus de turnê5000 acessosIron Maiden: A história por trás de "The Trooper"5000 acessosClapton: tragédia em quadrinhos; mera apelação?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de junho de 2014

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online