Vinnie Paul: Ele lucrava mais com clubes de strip do que com música

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Testa, Fonte: Metalsucks, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Confira a entrevista com o ex-baterista do Pantera, Vinnie Paul, concedida à Metal Mouth em agosto de 2014.

Bizarre Magazine: Quão bizarro é... Ronnie James DioCapas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Por um longo período, eu passei muito tempo em clubes de striptease. Quando nós acabávamos de tocar, eu pegava minha equipe e nós íamos a um bar de strip ter bons momentos. É um lugar ótimo para ir para não ser rendido por fãs, dar autógrafos, tirar fotos. Tem lindas meninas lá, tem um bom rock'n roll, tem bebidas e eu percebi que eu gastava muito dinheiro neles e a única maneira de recuperar um pouco desse dinheiro era ter o meu próprio. Então eu me envolvi com a coisa de ser dono. Eu sempre fui um cara de negócios. Essa era a coisa bonita sobre eu e meu irmão quando nós trabalhávamos juntos: eu era o homem de negócios e ele era o cara que curtia a festa e o rock'n roll a noite toda. Ele era a vida da festa e eu me certificava de que nós estávamos sendo pagos e as coisas estavam dando certo. Eu gosto de ser capaz de possuir coisas, para não depender do apoio da música. A música não tem me apoiado desde 2000, realmente não tem. Eu só continuo fazendo isso porque eu amo fazê-lo."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Hell Yeah"Todas as matérias sobre "Pantera"Todas as matérias sobre "Vinnie Paul"


Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1994Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1994

Pantera: fazíamos o chão tremer, atravessávamos paredesPantera
"fazíamos o chão tremer, atravessávamos paredes"


Bizarre Magazine: Quão bizarro é... Ronnie James DioBizarre Magazine
Quão bizarro é... Ronnie James Dio

Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos


Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.

adGoo336