Tanzânia: a hipócrita relação do país com Freddie Mercury

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

As pessoas estão sempre tentando monetizar qualquer conexão que um lugar ou objeto possa ter com uma celebridade, não importa o quão obtusa. Então o fato de que Zanzibar construiu uma indústria turística como seu status de lugar de nascimento de Freddie Mercury é dificilmente surpreendente. Como a Vice aponta, porém, isso é mais do que um pouco hipócrita.

781 acessosQueen: "Bohemian Rhapsody" tocada com uma única nota5000 acessosTragédia e dor: O Blues, o Rock e o Diabo

Uma parte semiautônoma da Tanzânia, as ilhas de Zanzibar estão sujeitas à muitas das leis e tendências culturais do resto da região, incluindo duras penas para quem seja descoberto participando de atos homossexuais. Como a repórter do Vice, Eleanor Ross, aponta em sua matéria, a homossexualidade de Mercury – e qualquer estilo de vida mais extravagante – é completamente oposto aos limites culturais que o governo do Zanzibar procura impor. Claro que isso não impediu os residentes de ativamente colher benefícios econômicos desta associação.

“Eu gosto muito de Freddie Mercury. Ele traz muito dinheiro à Ilha, porque muitos americanos e britânicos chegam para visitar seu lugar de nascimento”, contou um funcionário de uma companhia de viagens à Ross. “Isso é bom, porque significa que posso comprar a televisão que meus filhos tanto querem, mas em minha religião é ruim ser um homem que está com um homem. As novas leis de Uganda estão certas. As pessoas devem ser punidas porque estão fazendo atos que não são divinos.”

Como aponta o artigo, Mercury só viveu em Zanzibar até 1964, quando o futuro frontman do QUEEN – ainda adolescente – mudou-se para a Inglaterra com sua família e jamais retornou. Passeios dedicados ao seu tempo no local ainda são populares, porém, e continuam a trazer um crescente número de visitantes. Muitos deles não ligam para os costumes locais, possivelmente fermentando um choque cultural entre a tradição do país e os valores Ocidentais.

“Por mais que eu ame os turistas chegando, eu não me preocupo com o estilo de vida daqui”, adicionou outro guia. “Nós vamos nos tornar o Ocidente? Quem sabe.”

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 08 de agosto de 2014

Freddie Mercury Vs Axl RoseFreddie Mercury Vs Axl Rose
É possível comparar os vocais?

781 acessosQueen: "Bohemian Rhapsody" tocada com uma única nota2454 acessosSom de Peso: os sete melhores discos ao vivo de Rock199 acessosQueen: medley pela Orquestra Sinfônica Juvenil Bicentenaria0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Queen"

QueenQueen
A genialidade de Brian May

PPCornPPCorn
As 5 maiores vozes do Rock - Freddie Mercury não é o 1º

QueenQueen
As dez letras mais profundas da banda

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Queen"

Coisa do demo?Coisa do demo?
O rock sempre foi relacionado como música do diabo

USA TodayUSA Today
As 20 maiores de todos os tempos nos Estados Unidos

System Of A DownSystem Of A Down
Daron Malakian ensina como ser músico

5000 acessosFotos de Infância: Skid Row5000 acessosTeoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?5000 acessosAngra: Kiko Loureiro relembrando o tempo de Dominó4195 acessosMegadeth: a desculpa bizarra para dispensar produtor do "Rust In Peace"5000 acessosSteve Vai: os dez guitarristas que piraram a minha cabeça5000 acessosDinheiro: Qual a fortuna atual de alguns rockstars

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online