Marilyn Manson: absinto lançado pelo cantor completa 7 anos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Narcissus Narcosis, Fonte: Mansonwiki, Tradução
Enviar Correções  

Mansinthe é a assinatura da marca de absinto desenvolvida por MARILYN MANSON. Contrariando a crença popular, Mansinthe de fato contém tujona*/absinto (planta). Não há uma versão sem esses componentes. Foi desenvolvido durante dois anos antes do seu lançamento, em 25 de agosto de 2007. É destilado, altamente alcoólico, com sabor de anis derivado das ervas, incluindo flores e folhas da planta medicinal Artemisia absinthium, também chamada de Grande Wormwood.

Marilyn Manson: música nova é lançada e detalhes do próximo álbum são revelados

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero

Como todas as marcas tradicionais de absinto, Mansinthe não é engarrafado com adição de açúcar, logo, é classificado como tendo um espírito de licor, e não sendo um licor propriamente. Uma garrafa padrão contém um volume de 66,6% de álcool, enquanto o protótipo contém 68% de volume de álcool. Mansinthe está na categoria "Verte Absinthe", caracterizado pela marca de matiz verde. Esta coloração é o resultado de cores naturais dos ingredientes, e sem nada artificial. É originário da Suíça.

O absinto é melhor conhecido pela sua popularidade no final do século XIX e início do XX na França, particularmente entre os artistas parisienses e escritores cujas associações românticas com a bebida ainda perduram na cultura popular. No auge de sua popularidade, o absinto foi retratado como uma droga perigosa, psicoativa e a tujona química foi culpada por muitos dos seus efeitos perniciosos. Por volta de 1915, foi banido em um grande número de países europeus e nos Estados Unidos. Ainda que tenha sido difamado, nenhuma evidência prova que ele seja mais perigoso ou psicoativo do que o álcool comum.

Nos anos 90 surgiu um revival moderno do absinto, quando países da União Europeia começaram a reautorizar a sua fabricação e venda. Mansinthe está atualmente disponível para compra nos Estados Unidos, depois que o absinto passou a ser legalizado em 5 de março de 2007. A quantidade de tujona é baixa o suficiente para que o Mansinthe seja legal na maioria dos países.

Pré-lançamento

Uma edição limitada de 80 garrafas do Mansinthe foi disponibilizada na Gallery Schenk em Colônia, Alemanha. Das 80 garrafas, uma quantidade pequena foi autografada. Os preços, entre 300 (sem assinatura) e 500 euros (com assinatura), refletem a quantidade pequena dessa edição. O protótipo #35, que contém 68% de álcool, foi disponibilizado por 30 euros. O lançamento regular custa 36.

Lançamento oficial

Em 25 de agosto de 2007, Mansinthe foi oficialmente lançado, de acordo com o site oficial www.mansinthe.com. A bebida pode ser comprada em várias lojas online da Europa.

Rótulo

A fórmula do Mansinthe foi desenvolvida entre 2005 e 2007 com a cooperação direta do MARILYN MANSON.

O seu resultado é um extrato d’absinthe swiss, um atrativo para todos os connoisseurs.

A produção do Mansinthe combina absinto, funcho, anis e várias ervas.

É melhor conservar o produto longe da luz direta para manter a sua coloração natural.

Não beba Mansinthe sem diluí-lo. É melhor com gelo e água fresca em uma proporção de ½ a ¼.

O rótulo do Mansinthe traz uma das pinturas do Manson em aquarela, "When I Get Old".

*Tujona é um composto químico, cetona monoterpênica bicíclica saturada, derivada do tuieno, que ocorre em várias plantas, como a tuia (com o nome científico Thuja occidentalis) e a sálvia. Ocorre também na planta Artemisia Absinthium, usada na bebida alcoólica absinto. Devido a vários problemas de saúde relacionados com o consumo desta bebida, descobriu-se que a tujona pode provocar espasmos e convulsões em pequenos animais de laboratório.


adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin