Matérias Mais Lidas

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemSlash explica por que rejeitou Corey Taylor no Velvet Revolver

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemNergal diz que Behemoth é mais que anti-religião e emociona-se com LGBTQ e aborto

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemPaul Di'Anno recebe autógrafo de Rivellino e fica feliz da vida; "Te vejo ano que vem?"

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemDepeche Mode divulga a causa oficial da morte de Andy Fletcher

imagemGeddy Lee e a playlist que ele criou com músicas que o inspiram a tocar baixo

imagemPerformance "controversa" de Axl Rose em show viraliza no Tik Tok

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemBruno Sutter anunciado entre participantes do reality show "Ilha Record 2"


Stamp

Ghost: não perderemos nosso ritual, não somos o Kiss

Por Maurício Dehò
Fonte: UOL Música
Em 04/09/14

No Brasil pela segunda vez, e estreando como headliner, o Ghost se apresenta no Rio de Janeiro nesta quinta-feira e em São Paulo na sexta. Antes de apresentar nesta cidades seu cenário e iluminação completos e o set list mais longo – duas coisas que não puderam fazer em 2013, no Rock in Rio e na abertura para o Iron Maiden e Slayer na capital paulista – um dos guitarristas da banda falou ao UOL e, questionado se a banda pode um dia desistir de seu aparato visual e cênico, garantiu que isso nunca acontecerá. E usou o Kiss dos anos 1980 para dar seu argumento.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para ele, o Ghost até pode perder seu anonimato, mas saber o nome dos integrantes nunca será maior que o ritual que eles levam ao palco. Trocando em miúdos, ainda que o público um dia venha a saber quem são os caras por trás das máscaras, elas nunca vão cair.

"A nossa diferença em relação a eles é que não vamos mudar nossa aparência. No palco, nunca tivemos a intenção de tocar sem máscaras. Não temos a intenção de estar em frente ao público sem isso. Por outro lado, já dizemos por anos que pode chegar um momento em que não seja mais possível nos manter anônimos. Mas não é a mesma coisa. Quando o Kiss tirou a maquiagem, eles mudaram o show inteiro, tudo ficou diferente, e nós não queremos isso de forma alguma, não somos como o Kiss. Tudo o que investimos agora, em discos e na teatralidade, no fim vai valer mais do que as pessoas simplesmente saberem o nome dos integrantes."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na entrevista completa no UOL, o grupo também comentou o processo de composição para o terceiro disco, a vinda de um novo Papa e analisou a importância das referências pop no som da banda.

http://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2014/09/04/ghost-traz-show-completo-ao-brasil-e-garante-anonimato-nao-somos-o-kiss.htm

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Maurício Dehò

Nascido em 1986, é mais um "maidenmaníaco". Iniciou-se no metal ao som da chuva e dos sinos de "Black Sabbath", aos 11 anos, em Jundiaí/SP. Hoje morando em São Paulo, formou-se em jornalismo pela PUC e é repórter de esportes, sem deixar de lado o amor pela música (e tentando fazer dela um segundo emprego!). Desde meados de 2007, também colabora para a Roadie Crew. Tratando-se do duo rock/metal, é eclético, ouvindo do hard rock ao metal mais extremo: Maiden, Sabbath, Kiss, Bon Jovi, Sepultura, Dimmu Borgir, Megadeth, Slayer e muitas, muitas outras. E é de um quarteto básico que espera viver: jornalismo, esporte, música e amor (da eterna namorada Carol).

Mais matérias de Maurício Dehò.