Exodus: Steve Zetro Souza pensa que é capaz de cantar até os 70 anos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Gava Tramontina, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Em um diálogo com Jay Nanda do AXS.com a respeito de seu retorno ao Exodus, Souza disse: "Eu penso que a mentalidade de todos no grupo era a mesma, ou seja, tínhamos vontade de compor canções juntos novamente."

Exodus: banda iniciou a pré-produção do próximo álbum de estúdio

Eagles: o significado da clássica "Hotel California"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Conforme o tempo passa, as pessoas mudam suas atitudes, sendo que eventos bizarros ocorrem, e não há como negar que em certos períodos da vida, eles realmente afetam a sua vida de negócios. Dito isso, afirmo que vários problemas influenciaram a minha saída do Exodus naquela época, mas já resolvemos nossas desavenças em múltiplas conversas. Ao meu ver, a situação é similar a certos casos familiares, quando você e o seu tio decidem dividir a compra de uma casa, contudo, depois dos negócios serem feitos, ambos começam a discutir, visto que possuem opiniões contrárias, e aquela sensação de ódio ganha relevância, e dá a impressão de que nunca mais falará com este indivíduo novamente, mas é claro que, futuramente, os lados revém os seus conceitos, pois percebem a tolice que cometeram. No Exodus, nós superamos aquela mentalidade ultrapassada e seguimos em frente."

"Em relação ao novo álbum, devo dizer que eu o considero excelente, e tenho adorado os shows que realizei com o grupo. É o melhor momento de minha vida."

Perguntado sobre o quão difícil foi de realizar o álbum "Blood In Blood Out", Souza respondeu: "Eu apenas tive três dias para ouvi-lo, antes de gravá-lo, visto que na quinta-feira fiz o teste e no domingo, já havia recebido a resposta, então não foi difícil."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Souza também comentou sobre o fato de ter sentido ou não alguma pressão por ter substituído o icônico vocalista Paul Ballof: "Você sabe, eu nunca carreguei o fardo, mas é claro que pude sentir um peso no início, mas após o 'Pleasures' e o 'Fabolous', ele desapareceu."

"Paul Di'Anno foi um grande vocalista para o Iron Maiden. Entretanto, quando o Bruce retornou e gravou dois ou três álbuns, a maioria parou de comentar a respeito do antigo vocalista. Isto ocorreu comigo. Penso que fãs tiveram a capacidade de me aceitar, não necessariamente no início, porque a primeira turnê foi complicada, mas nada tão complexo a ponto de me prejudicar. Eu já deixei minhas marcas na banda, e continuarei a realizar um ótimo trabalho."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280