Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemMetade das pessoas com menos de 23 anos desconhecem Pink Floyd, David Bowie e Bon Jovi

imagemOzzy Osbourne diz que "tinha muito o que provar" com "No More Tears"

imagemAdrian Smith conta como Iron Maiden permaneceu forte e era grunge passou

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022


Stamp

Marty Friedman: Por que ele largou o Megadeth para tocar J-Pop?

Por Marii Franco
Fonte: Blabbermouth
Em 09/10/14

Marty Friedman, ex guitarrista do Megadeth, está trabalhando numa autobiografia que deverá ser lançada no final de 2015. Marty disse: "Surpreende-me como tudo é claro como cristal. Na verdade, eu me lembro de tudo nos mínimos detalhes eu estou animado sobre isso.. será um livro suculento, sem dúvida."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Friedman falou também sobre sua decisão de deixar o Megadeth em 1999, a fim de fazer o tipo de música que ele estava apaixonado: música pop japonesa, ou J-Pop, que Friedman descreve como "embaraçosamente feliz."

"Eu me vi em turnê com o Megadeth, e meu quarto de hotel estava quase explodindo com música japonesa o tempo todo. Que há de errado com isso?", disse.

Como seu interesse em J-pop cresceu, Friedman começou a se desinteressar cada vez mais pelo Megadeth. "Eu pensei que estava fazendo a mim mesmo um desserviço apenas tocando as mesmas coisas antigas e não gostando mais", disse ele. "Ganhar dinheiro dos fãs que querem vê-lo tocar quando você não está realmente sentindo-se bem consigo mesmo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De acordo com Marty, ele simplesmente superou o metal, explicando que a música do Megadeth começou a aborrecê-lo. Ele destacou a popular balada "A Tout Le Monde" como um exemplo.

"A melodia de como duh duh duh duh, duh duh duh duh. É meio a mesma coisa uma e outra vez", disse. "Eu ia tocar à noite com o Megadeth e era como, você sabe, o som que tenho ouvindo é tão mais emocionante do que o que eu estou tocando nos meus shows."

Friedman então disse a seus companheiros de banda do Megadeth que ele deixaria o grupo ao final de uma de longa turnê de 16 meses, mas "só ficou mais três meses." Ele explicou: "Eu sou o tipo de cara que não consegue fingir que estou bem se não estou. Eu simplesmente não podia mais continuar"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Centrando-se no gênero de J-Pop, Friedman observou que ir para o oposto do metal era o ponto central de sua vida.

"Não há muita música feliz rolando por aí", disse. "Especialmente no mundo do heavy metal, onde todo mundo está apenas tentando devorar o outro, você sabe, com a escuridão, monstros e porcarias como essa."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Megadeth: quando Marty Friedman chorou e acabou saindo da banda



Sobre Marii Franco

Marii Franco, já passou dos 30 anos, coleciona palhetas, ama gatos e Ramones! Cresceu lendo e escrevendo para a Rock Brigade e sente muita falta da década de 90, para ela, uma das décadas mais divertidas do rock n'roll!

Mais matérias de Marii Franco.