Matérias Mais Lidas

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemNovo clipe do Megadeth foi filmado no litoral de São Paulo, veja fotos

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

imagemAvenged Sevenfold e o álbum do Guns N' Roses que deveria ser mais valorizado

imagemNergal diz que Behemoth é mais que anti-religião e emociona-se com LGBTQ e aborto

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemMustaine diz que novo álbum tem uma das músicas mais rápidas que o Megadeth escreveu


Stamp

Rob Zombie: músicos sempre fazem a pior escolha para carreiras

Por Fernando Portelada
Fonte: Team Rock
Em 08/10/14

Rob Zombie disse que a maioria dos músicos tem o maior talento do mundo para destruir suas próprias carreiras – e quando recebem duas opções, geralmente escolhem a pior.

E ele acredita também que sua banda viu tantas mudanças em sua formação porque ele é fácil de se trabalhar, não porque é difícil.

Zombie falou à KWSS: "Eu sou fácil – esse é o problema. Eu conheço as pessoas em bandas que são tratadas como merda, e eles ficam nessa banda por 16 anos como uma esposa mal tratada. Eles têm essa síndrome, como a síndrome de Estocolmo. Não estou tentando ser engraçado, o abuso que eles sofrem, eles ficam acostumados."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele insiste: "Eu tento manter todos na banda. Eu nunca quero que ninguém saia. Eu falo: ‘Há 30.000 pessoas aí fora, você está fazendo mais dinheiro do que já fez em toda a vida, a banda é imensa. O que é tão ruim assim?’"

"Eles começam outro projeto e tocam em bares para três pessoas por algumas semanas. Então você recebe a ligação: ‘Ei, cara, eu posso voltar?’ Não. Eu substitui você por alguém dez vezes melhor."

"Músicos tem o real talento de fazer a coisa mais burra possível com suas carreiras. Você apresenta duas escolha e eles sempre vão escolher a errada. Sempre. É a natureza humana, acho."

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada.