Bill Hudson: vídeo de "Pull Me Under" com James LaBrie em SP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Na noite do último sábado, dia 22 de Novembro, realizou-se em São Paulo a primeira edição do METAL ALL STARS no Brasil, uma jam session entre músicos de grande nome na cena, evento bastante raro – e praticamente inédito no país.

Jason Newsted: revelando porque ele deixou o Metallica

Cinema: o melhor e o pior dos rockstars em filmes

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O show vinha sendo planejado e elaborado há bastante tempo, e era previsto para ter ocorrido já no fim do ano passado, depois foi adiado para o primeiro semestre desse ano, e finalmente se materializou no último fim de semana.

Dentre cancelamentos, ausentes, desacordos, tombos, cambalachos e tudo mais, o músico brasileiro radicado nos EUA BILL HUDSON [JON OLIVAS PAIN, CIRCLE II CIRCLE, VITAL REMAINS] foi incumbido de substituir ao grego GUS G [FIREWIND, OZZY OSBOURNE], um dos ‘Missing In Action’ do espetáculo, que deveria ter sido divulgado como TRIBUTO A TIM MAIA.

Hudson, um guitarrista em ascensão no momento e colunista da revista especializada GUITAR WORLD, estava no Brasil a convite dos decanos do Metal Extremo no país, o KORZUS, que seria uma das bandas a se apresentar no festival. Na madrugada do dia 21 para o dia 22, ele fora acordado por RODRIGO OLIVEIRA, baterista do grupo, que ligava de um telefone na Bolívia, onde tinha acabado de se apresentar, informando a ele que precisariam de alguém de stand-in para algumas músicas no show em São Paulo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As músicas seriam "Symphony Of Destruction" [com DAVID ELLEFSON e KOBRA PAIGE] e "Pull Me Under" com JAMES LABRIE do DREAM THEATER.

Hudson, praticamente um iPod ambulante, topou de pronto por conhecer as músicas, em especial a ‘Pull Me Under’, integrante do álbum ‘Images and Words’, de 1992, do qual Hudson é um admirador confesso. A familiaridade dele com a música, explicada pessoalmente ao vocalista por alguns minutos em um encontro geral horas antes do show tranquilizou bastante ao estadunidense, e o resultado você pode ver abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Jason Newsted: revelando porque ele deixou o MetallicaJason Newsted
Revelando porque ele deixou o Metallica

Cinema: o melhor e o pior dos rockstars em filmesCinema
O melhor e o pior dos rockstars em filmes


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280