Judas Priest: Se tirar a velha guarda do metal, não sobra ninguém

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 13/11/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O Las Vegas Weekly recentemente falou com o baixista do JUDAS PRIEST, Ian Hill, sobre a falha da banda em tentar se aposentar e sobre seu novo álbum, Redeemer Of Souls. Um trecho da entrevista está disponível abaixo

4867 acessosBlend Guitar: os dez solos de guitarra mais fáceis da história5000 acessosLuxúria: uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história

“Redeemer Of Souls” recebeu ótimas reviews e existem também ícones do metal como IRON MAIDEN BLACK SABBATH, que ainda estão lançando música relativamente bem recebida. Por que você acha que esses clássicos do metal ainda têm tanto poder?

Ian Hill: “O que você usaria pra substituí-los? [risos], se você tirar isso, vai sobrar somente o vácuo, não existiria nada lá. Nós costumávamos pensar, claro, nós vamos parar algum momento em breve, mas nós temos que nos manter atuais, continuar melhorando a cada álbum e em cada turnê. Nós tentamos tocar em novas cidades, aprender novas técnicas de gravação e tentar fazer melhores performances ao vivo. E eu acho que é um traço do heavy metal em geral. Quero dizer, bandas famosas como nós mesmos, o MAIDEN, o SABBATH, o DEEP PURPLE – nós tentamos de tudo, desde músicas que vão nos dar dinheiro, até músicas que vão lhe assustar até a morte, e tudo que fica entre esses dois.”

“Nos anos 1990, haviam muitas pessoas dissecando o metal e seus componentes – speed metal, goth metal, grunge metal – mas havia ainda nós da velha guarda, ficando ainda mais fortes.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 13 de novembro de 2014

Blend GuitarBlend Guitar
Os dez solos de guitarra mais fáceis da história

1459 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's450 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta1366 acessosPhil Campbell: solo terá Dee Snider e Matt Sorum, além de Halford1018 acessosVocalistas: 5 famosas falhas ao vivo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Judas Priest"

Hall Of ShameHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal

Rob HalfordRob Halford
"Tamanho não importa, mas sim o que você faz!"

Rob HalfordRob Halford
"Talvez eu seja o único vocalista gay de Metal!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"

LuxúriaLuxúria
Uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história

GuitarristasGuitarristas
15 músicos que certamente você não conhece

Anette OlzonAnette Olzon
"Eu fui demitida exatamente como Tarja também foi"

5000 acessosThrash Metal: 10 novas promessas - incluindo uma brasileira5000 acessosIvete Sangalo: "Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"5000 acessosFoo Fighters: Banda mita em protesto homofóbico religioso nos EUA5000 acessosIron Maiden: "Gosto muito do Ghost", diz Steve Harris5000 acessosBillboard: Os 200 mais populares álbuns da história5000 acessosSebastian Bach: por que ele continua tocando "I Remember You"?

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online