Alice Cooper: "Meu trabalho é alertar as pessoas sobre satanás"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Danilo F. Nascimento, Fonte: Metal Hammer, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Alice Cooper evita ser celebrado como um membro honorário do cristianismo, mas o músico não esconde que é seguidor visceral da religião e tentar alertar os outras pessoas sobre o satanás.

2015 acessosAlice Cooper: místico, emblemático e histórico5000 acessosSimone Simons: a nudez na capa de Divine Conspiracy

Pioneiro do Shock-rock, Cooper fala abertamente sobre sua fé há anos, mas tenta evitar o rótulo "celebridade do cristianismo".

Bem antes de adotar o nome artístico de Alice Cooper, o jovem Vincent Furnier foi criado e educado por uma família cristã, seu pai era pregador na igreja de Jesus Cristo e seu avô era um dos apóstolos da mesma.

Antes de voltas as suas atenções ao rock n' roll, Cooper era ativo em sua fé, e frequentava a igreja assiduamente.

Após vencer uma batalha com o alcoolismo e passar por um casamento fracassado, o músico viu na fé, a sua cartada final.

Em entrevista, Cooper, disserta:

"Inicialmente eu tinha mais temor a Deus, do que amor a Deus. Eu pensava que não queria ir para o inferno, por isso tentava fazer as coisas certas".

O músico continua:

"Eu não tento não ser taxado de celebridade de cristianismo, pois sei que soa como contradição seguir esta religião, tendo em vista as minhas performances chocantes no palco. Mas eu sou um cantor de rock. Nada mais do que isso. Não sou filósofo. Me considero um cristão de baixo escalão, portanto, não procure suas respostas em mim".

Ele acrescenta: "Eu tive vários amigos que aceitaram Jesus Cristo. Eu tenho conversado com algumas grandes estrelas e celebridades sobre isso".

A fé de Cooper têm, inclusive, influenciados suas canções nos últimos anos:

"Eu sou extremamente cuidadoso com as letras. Tento escrever coisas igualmente boas às coisas antigas, mas com uma mensagem melhor".

Alice Cooper se vê como um profeta da desgraça: "Cuidado, Satanás não é um mito. Ele não é uma piada, e ele está por aí, e eu acho que o meu trabalho é alertar as pessoas sobre Satanás".

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 01 de janeiro de 2015

Alice CooperAlice Cooper
Místico, emblemático e histórico

682 acessosRock In Rio: Joe Perry pode tocar com Alice Cooper se for convidado0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Alice Cooper"

ReligiãoReligião
Top 10 citações sobre Deus e o Diabo

Alice CooperAlice Cooper
"Hendrix e Morrison beberam até morrer; eu ia por este caminho!"

ALice CooperALice Cooper
"O Alice que você vê no palco nunca jogou golfe!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Alice Cooper"

Simone SimonsSimone Simons
A nudez na capa de Divine Conspiracy

AC/DCAC/DC
Os últimos dias do vocalista Bon Scott

MetalMetal
Você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 1

5000 acessosMetallica: Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explica5000 acessosMetallica: a evolução de James Hetfield ao longo dos anos5000 acessosVocalistas: Os 10 melhores da história do rock5000 acessosPirataria: o nascer de uma indústria alternativa4542 acessosKorn: para Davis nem todo assassinato tem a ver com Satã4324 acessosJake E. Lee: "Parei de usar drogas quando vi o estado de Ozzy"

Sobre Danilo F. Nascimento

Administrador por casualidade. Músico por instinto. Escritor por devaneio. Fascinado por música, literatura e cinema. Seu primeiro contato com o mundo do rock data de meados dos anos 90, uma época de transição entre o analógico e o digital, e, principalmente, uma época onde a MTV ainda era aprazível e relevante. Idolatra e cultua o legado instituído pela maior banda de todos os tempos, o Queen.

Mais matérias de Danilo F. Nascimento no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online