Obituary: banda quer que pessoal de Belém apareça no "botequeen"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Youtube
Enviar Correções  

Os deuses do Death Metal da Florida, OBITUARY, mandaram um recado para os fãs brasileiros, especialmente os residentes de "Belim" (ou melhor, Belém). O quinteto avisa que os bangers paraenses tem que aparecer no "botequeen" (ou melhor, Botequim) ou vão lhes chutar as bundas. Confira no player abaixo:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como parte da Inked In Blood Tour, o OBITUARY tocará em oito cidades brasileiras, começando em Belém, em 27 de março, no Botequim. Depois é a vez Fortaleza, Recife e Manaus (28, 29 e 31 de março, respectivamente). No início de abril, a turnê continua em Novo Hamburgo (2), Curitiba (3), São Paulo (4) e Rio (5).




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Death metal: o melhor álbum de cada ano desde 1985, segundo o LoudwireDeath metal
O melhor álbum de cada ano desde 1985, segundo o Loudwire

Obituary: banda transmitirá shows em estúdio, com discos clássicos tocados na íntegra

Obituary: banda está trabalhando em novo disco de estúdio, afirma baixistaObituary
Banda está trabalhando em novo disco de estúdio, afirma baixista


Sepultura: a história por trás do álbum Beneath The RemainsSepultura
A história por trás do álbum "Beneath The Remains"

Trues quase infartaram: Obituary mitou ao lado de Joelma e ChimbinhaTrues quase infartaram
Obituary mitou ao lado de Joelma e Chimbinha


Avenged Sevenfold: The Rev dizia que não passaria dos 30Avenged Sevenfold
The Rev dizia que não passaria dos 30

Corey Taylor: não comprem a playboy da Lindsay LohanCorey Taylor
"não comprem a playboy da Lindsay Lohan"


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Cli336