Courtney Love: assistir documentário foi "experiência de cura"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

De acordo com o The Pulse Of Radio, Courtney Love disse em uma entrevista com a revista V, que assistir ao documentário sobre seu falecido marido, "Kurt Cobain: Montage Of Heck", com sua filha Frances foi uma "experiência de cura". Love disse: "Ver o filme em um quarto com minha filha foi algo bem catártico e estou muito feliz de passar um tempo com ele e de descobrir certas coisas, ouvir as vozes e ver dentro de seu coração."

Kiss FM: as 500 mais tocadas pela rádio em 2008Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmes

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Foi um momento de ligação muito importante entre mim e Frances, e eu acho que foi uma experiência de cura para nossa família e para a nossa relação. Muitas pessoas que sofrerem os efeitos do suicídio, e no caso de Frances, ser uma criança do suicídio, ela sempre se perguntou qual seu papel nisso e por que ele não tinha importância suficiente. Eu acho que o filme aponta que sem dúvida alguma, absolutamente, de qualquer época em que ele falou nisso, que era para lá que ele estava indo."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Courtney Love"Todas as matérias sobre "Nirvana"


Nirvana: a razão do título de About a GirlNirvana
A razão do título de "About a Girl"

Total Guitar: os melhores e piores covers da históriaTotal Guitar
Os melhores e piores covers da história


Kiss FM: as 500 mais tocadas pela rádio em 2008Kiss FM
As 500 mais tocadas pela rádio em 2008

Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280