Cannibal Corpse e Testament: ingressos a R$ 66,60 em Fortaleza

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Release da produção
Enviar Correções  

Sabe aquele show do CANNIBAL CORPSE com o TESTAMENT que só ia ter em São Paulo e estados do Sul e Sudeste? O público de Fortaleza e estados próximos como Rio Grande do Norte e Piauí já pode se alegrar. As duas bandas apresentam-se no Complexo Armazém, em Fortaleza, em 15 de novembro. É o único show confirmado no Nordeste até agora e será o primeiro da turnê sul-americana.

Humor: as 101 regras para ser um fã da NWOBHM

Heavy Metal: estressante, perturbador e faz mal ao coração

E tem mais. O ingresso não vai custar os olhos da cara nem o coração do Eddie. O primeiro lote terá ingressos promocionais ao preço de, adivinha, R$ 66,60. Este lote estará disponível a partir da virada do dia 19 para o dia 20 de agosto, ou seja, hoje, à meia noite.

O show das bandas capitaneadas por George Corpsegrinder e Chuck Billy encerra com chave de ouro o ano da Produções 4U (que mal deu tempo aos bangers cearenses de recuperar o fôlego depois do anúncio do show de Tim "Ripper" Owens na capital alencarina). A produtora também é responsável (junto com a Phoenix) pelos shows do SONATA ARCTICA (já realizado) e pelos shows de NIGHTWISH (em setembro, na Praça Verde do Dragão do Mar) e TARJA (em outubro, também no Armazém).

Depois de abrir a turnê sul-americana em Fortaleza, as duas bandas seguem para Porto Alegre, onde apresentam-se no Opinião, em 17 de novembro. No dia seguinte, ambas tocam no Vanilla Music Hall, em Curitiba. Em 20 de novembro é a vez da cidade maravilhosa receber, no Circo Voador, as duas bandas. Em 21 de novembro, finalmente CANNIBAL CORPSE e TESTAMENTE fazem show em São Paulo, no Carioca. Os americanos se despedem de nosso país com show no Music Hall em 22 de novembro. Depois, a turnê segue por Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Costa Rica e México.

Com George "Corpsegrinder" Fisher nos vocais, Rob Barrett e Pat O'Brien nas guitarras, o sensacional Alex Webster no baixo e Paul Mazurkiewickz na bateria, o CANNIBAL CORPSE é considerado uma das maiores bandas de Death Metal da atualidade. A Metal Hammer da Inglaterra chegou a rotulá-los como a maior banda de Death Metal do mundo. O quinteto segue em turnê de divulgação do brutal "A Skeletal Domain", mas deve pinçar muitos sucessos de álbuns clássicos como "Gallery of Suicide", "Tomb of The Mutilated", "Eaten Back to Life", "Evisceration Plague" e do já clássico "Torture", entre outros.

Cannibal Corpse: Kill or Become

Já o TESTAMENT, banda da Bay Area formada por Eric Peterson e Alex Skolnick (guitarras), Gene Hoglan (bateria), Steve DiGiorgio (baixo) e Chuck Billy (vocais), muito frequentemente considerada o quinto elemento do que seria um BIG 5, continuará divulgando o excelente "Dark Roots of Earth", mas deve focar também os clássicos "The New Order" e "The Legacy", não deixando de lado "Practice What You Preach" e "The Formation of Damnation".

Testament: Native Blood

O tempo em que os grandes shows concentravam-se apenas em São Paulo e vizinhança, felizmente, está chegando ao fim. E que os bangers de Fortaleza estejam preparados. Se 2015 está se encerrando assim, 2016 promete.

Serviço:

Testament e Cannibal Corpse em Fortaleza
Data: 15/11/2015
Local: Complexo Armazém
Valor do ingresso promocional: R$ 66,60 (pista)
Inicio das vendas meia noite na vida do dia 19 para o dia 20.
Vendas online: www.Ticket4U.com.br
Realização: Produções 4U

O ingresso promocional será vendido somente online.

Maiores informações sobre outros pontos de venda e lotes, em breve.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Humor: as 101 regras para ser um fã da NWOBHMHumor
As 101 regras para ser um fã da NWOBHM

Heavy Metal: estressante, perturbador e faz mal ao coraçãoHeavy Metal
Estressante, perturbador e faz mal ao coração


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin