Guns N' Roses: a banda mais perigosa do mundo perdeu o apetite para a destruição

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: The Sun, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Adaptado de texto publicado originalmente no The Sun - veja o original no link abaixo.

http://www.thesun.co.uk/sol/homepage/showbiz/6834190/How-wor...

1898 acessosAlice Cooper: Halford, Slash, Frehley e outros em show beneficente5000 acessosMulheres no Rock: resistência em um meio machista

Guns N' Roses ganhou o título de "banda mais perigosa do mundo" graças ao seu estilo de vida selvagem, recheado de drogas e tumultos em shows. Mas hoje eles perderam seu apetite por auto-destruição.

Recentemente foi anunciado que o vocalista Axl Rose e o guitarrista Slash fizeram as pazes e com isto espera-se para breve a confirmação de uma reunião entre ambos - e na esteira deve rolar algo relacionado com a formação clássica do GNR, que deve tocar como headliner do Coachella na Califórnia, além de sair em uma turnê por 25 estádios, no que estimam, vai render cerca de US$100 milhões para a banda.

Este é o retorno mais aguardado no mundo da música, já que Axl e Slash romperam há vinte anos, tendo neste meio tempo disparado declarações que davam a entender que uma reconciliação nunca seria possível - Axl chegou a chamar Slash de "câncer", e disse que uma reunião só aconteceria quando ambos estivessem mortos.

Mas eis que, no ano passado (ou no anterior, conforme sugerem algumas fontes), a dupla voltou a se falar e, pelo visto, aparou as arestas. "Era algo exagerado. Mas é muito legal dissipar parte desta coisa negativa que vêm acontecendo há tanto tempo", disse Slash.

Com tudo isto acontecendo, os fãs entraram em surto total, esperando com ansiedade a confirmação oficial da reunião, e fazendo planos para shows onde relembrarão a época áurea do GNR, ali por volta de 1990, quando a banda era um gigante indomável, símbolo máximo da rebeldia e atitude ligado à máxima sexo, drogas & rock'n'roll.

E é aí que residem as dúvidas, já que o tempo passou e, obviamente, muitas coisas mudaram, não apenas na indústria musical - o "Appetite for Destruction", de 1987, vendeu mais de 18 milhões de cópias, números impensáveis nos dias de hoje, sendo considerado um dos discos de estreia mais rentáveis de todos os tempos, símbolo de uma época de excessos, onde tudo era grandioso.

E como se não bastasse, os integrantes da banda, obviamente, não são mais os mesmos do passado. Inclusive entre eles existem muitas diferenças hoje em dia - considerando os cinco integrantes da formação clássica, embora aparentemente apenas Axl, Slash e talvez Duff estejam envolvidos no GNR2016:

Axl Rose

ANTES

O intempestivo vocalista ameaçou publicamente outras estrelas do rock e tumultou shows com seus acessos de raiva, tendo arrumado tretas com Vince Neil, do Motley Crue, David Bowie, Kurt Cobain e outros. Até o pessoal do Eagles Of Death Metal, que recentemente ganhou a mídia mundial por protagonizar os episódios de terrorismo em Paris, que foi demitido por Axl quando faziam a abertura da turnê do GNR em 2006, tendo na época o vocalista chamado a banda de "Pigeons Of Shit Metal" – algo como "Pombos do Metal de Merda".

Considerado bipolar, Axl também criou problemas para as mulheres que passarem pela sua vida; a ex-namorada, a modelo Stephanie Seymour, diz que numa das discussões ele chegou a agarrá-la pelo pescoço e arrastá-la sobre vidro que havia quebrado por causa da briga. E a ex-esposa Erin Everly, para quem Axl compôs o megahit "Sweet Child O' Mine", diz ter sofrido abuso doméstico, tendo inclusive sido agredida fisicamente pelo vocalista, que teria mandado remover todas as portas da casa em que moravam para que ele pudesse ficar de olho nela.

O primeiro empresário da banda afirma que o comportamento imprevisível de Axl fez com que os demais integrantes se sentissem intimidados. Ele descreveu o vocalista como "um cão demônio do inferno" que poderia em questão de segundos irromper num acesso de ódio.

Comenta-se que seu temperamento é devido à uma infância conturbada, com Axl nunca sabendo quem foi seu pai, que ele acreditava ter sido morto baleado, além de um padrasto que abusava fisicamente do futuro rockstar.

AGORA

Axl, 53 anos, deixou as drogas e passou a se interessar por new age, coisas hippies como medicina homeopática e terapia de regressão passada. Ele diz em uma de suas raras entrevistas: "Quero uma pessoal e única compreensão da espiritualidade e religião".

Ao que consta, nas gravações do "Chinese Democracy", lançado em 2008, Axl contou com a ajuda do guru agora falecido Sharon Maynard, que avaliava os possíveis colaboradores apenas olhando suas fotos.

Axl é detentor legal dos direitos do nome Guns N' Roses e graças a isto continuou se apresentando como frontman de uma banda que teve inúmeros integrantes no passar dos anos.

Quando o baixista Duff McKagan tocou com o GNR por um breve período há algum tempo, Axl lhe disse: "A banda e equipe fazem ioga juntos".

Slash

ANTES

Mesmo antes do "Appetite for Destruction" ser finalizado, Slash tinha problemas com drogas - que pioraram ainda mais depois que ele se tornou famoso. O guitarrista admitiu ter sido viciado em heroína entre 1989 e 1991. No auge do delírio ele sofria alucinações com predadores querendo pegá-lo e para fugir deles chegou a sair correndo em um campo de golfe.

Sua paixão pela vida selvagem se estende aos seus animais de estimação; ele cuidou de lagartos, cobras venenosas e até um filhote de leão da montanha, que ele batizou de Curtis, e ele teve que carregar escondido consigo para um hotel quando um terremoto destruiu sua casa em 1994.

Dois anos mais tarde, mal entendido sobre partes de guitarra removidas de uma música sem seu consentimento foi o estopim para o fim do relacionamento com Axl. Quando saiu em 1996, Slash disse que ele e Axl não olhavam mais um no olho do outro e apesar de tentar segurar as pontas não deu certo, era chegada a hora dele sair da banda.

AGORA

Anos de álcool e abuso de drogas danificaram seu organismo a ponto de Slash fazer uma cirurgia para inserir um desfibrilador no coração. Sabendo que se continuasse bebendo ele morreria, o guitarrista segue sóbrio por uma década e até mesmo abandonou o cigarro.

Slash, 50 anos de idade, diz que os excessos ficaram no passado, e hoje em dia ele devota seu tempo livre para trabalhos de caridade onde leva educação musical para crianças desfavorecidas e também em programas de bem-estar ambientais, além de apoiar causas de defesa animal. Se diz um pai dedicado que brinca de Lego com os filhos London e Cash, 13 e 11 anos respectivamente. Se separou em 2014 da sua segunda esposa, Perla, mãe das duas crianças, com quem esteve 13 anos juntos e que o guitarrista diz ter sido a pessoa que o ajudou a levar uma vida saudável.

Duff McKagan

ANTES

O pâncreas do baixista "explodiu" em 1994 devido aos anos de excessos de drogas e álcool, e os médicos lhe deram duas semanas de vida se ele não ficasse sóbrio. Duff disse que quando jovem achava que "ser homem" era provar o quanto ele aguentava beber, uma coisa "completamente estúpida".

HOJE

Aos 51 anos de idade, casado e pai orgulhoso de duas meninas, mantém uma coluna em um jornal onde escreve sobre diversos assuntos, incluindo administração de empresas, que ele estudou em nível profissional e hoje usa seus conhecimentos para auxiliar músicos que precisam organizar suas finanças.

Izzy Stradlin

ANTES

O guitarrista foi detido após urinar diante passageiros chocados num voo nos EUA em 1989, passou 96 horas em coma devido a uma overdose de drogas. Deixou a banda em 1991 pois estava sóbrio e não queria mais viver aquela loucura toda.

HOJE

Aos 53 anos de idade, Izzy reluta em excursionar ou até mesmo conceder entrevistas. Ao invés disto vive sua paixão pelas motocicletas. Em 2006 ele chegou a tocar em alguns shows com o Guns N' Roses mas disse que levou três semanas para se recuperar das seis semanas em que esteve na estrada.

Steven Adler

ANTES

O baterista Steven Adler foi o primeiro da formação clássica a ser dispensado da banda. Seu vício era tão incontrolável que ele teve que assinar um contrato concordando em não usar mais heroína. Mas ele não segurou a onda e acabou sendo mandado embora em 1990.

HOJE

Foram longos anos de batalha contra o vício por drogas e álcool, com eventuais recaídas - houve uma excursão com sua banda solo que foi cancelada para ele passar um tempo na rehabilitação. Aos 50 anos, Steven hoje mexe com arte. "Sou a tela e o pintor", diz o músico.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Alice CooperAlice Cooper
Halford, Slash, Frehley e outros em show beneficente

1748 acessosCanal NB: Nirvana X Guns N' Roses - o fim da treta163 acessosKarl Golden: "Appetite For Destruction" do GNR no mandolin213 acessosEm 25/03/1966: Nasce Frank Ferrer (Guns N' Roses)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

SlashSlash
Ele não tocou em "Black or White" de Michael Jackson

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl Rose vira charge com Alcione

Rock and RollRock and Roll
NME elege momentos mais controversos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"0 acessosTodas as matérias sobre "Slash"0 acessosTodas as matérias sobre "Duff McKagan"


GênerosGêneros
O rock se firmou com características machistas

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1991

Heavy MetalHeavy Metal
"Cristãos podem aprender muito com o gênero"

5000 acessosMetallica: os segredos de "Enter Sandman"5000 acessosMilhões: Os eventos com maior público da história da música5000 acessosEm 09/12/2004: Dimebag Darrel é assassinado a tiros durante show5000 acessosIGN Music: os álbuns de Metal mais influentes segundo o site5000 acessosAvenged Sevenfold: membros escolhem seus álbuns favoritos de 20155000 acessosQueen: segundo May e Taylor, John Deacon evita contatos sociais

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 04 de janeiro de 2016
Post de 09 de fevereiro de 2016


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online