Nightwish: Marco Hietala diz que a banda não é uma ditadura

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Felipe Cipriani Ávila, Fonte: BLABBERMOUTH, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 31/07/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Marco Hietala desconsidera a sugestão de que o NIGHTWISH é uma ditadura, insistindo que todos na banda “têm a sua voz”.

1241 acessosRio Rock City: O Power Metal morreu?5000 acessosLegião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saída

Desde o princípio, 20 anos atrás, o NIGHTWISH reflete a visão do tecladista e principal compositor, Tuomas Holopainen, com muitos fãs especulando que o resto da banda é minimamente envolvido em qual será o resultado final das músicas.

Perguntado em entrevista recente para o PlanetMosh sobre o quanto ele pode contribuir no campo das composições, o contrabaixista e vocalista respondeu: “Na verdade, muito. Obviamente, Tuomas escreve a maioria das letras e canções, mas tem quatro ou cinco músicas no nosso último álbum (“Endless Forms Most Beautiful” (2015)) em que participei da composição, duas em que eu tive algumas linhas e letras escritas, e depois quando nos reunimos para ensaiar e trabalhar nos arranjos, todos tinham a sua voz”.

Ele continuou: “Toda democracia tem seu presidente e Tuomas, ele não é um ditador ou um tirano – todos têm a sua voz. Quando você escreve músicas com um teclado não pode realmente dizer se há algo desconfortável para um baixista tocar, então algumas coisas têm que ser mudadas, mas também há o fato de que realmente podemos dividir livremente o que pensamos na sala de ensaios e qualquer um pode acrescentar algo e vamos testar e ver se funciona, e é assim que trabalhamos”.

Leia a matéria completa, em inglês:
http://www.blabbermouth.net/news/nightwish-is-not-a-dictator...

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

TarjaTarja
Cantora fará show de graça em Piedade (SP)

1241 acessosRio Rock City: O Power Metal morreu?368 acessosBrother Firetribe: banda de Emppu Vuorinen completa 15 anos5000 acessosNightwish: nasce a filha de Floor Jansen e Hannes Van Dahl761 acessosNightwish: inseto que vive nas sombras ganha nome de Tuomas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

NightwishNightwish
"Encontros com fãs são luxo, não obrigação", diz Floor

NightwishNightwish
As singelas homenagens entre Tarja e Tuomas

EstiloEstilo
A semelhança entre Holopainen e Roberto Justus

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 01 de agosto de 2016

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"

Legião UrbanaLegião Urbana
A versão de Renato Rocha sobre a sua saída

CreedCreed
Música salva garoto de ataque de lobos na Noruega

Heavy MetalHeavy Metal
Nem sempre o estilo é sujo, feio e bruto

5000 acessosCorey Taylor: "não comprem a playboy da Lindsay Lohan"5000 acessosReinaldo: um apaixonado pelos Scorpions5000 acessosLemmy Kilmister: Veja algumas das homenagens nas redes sociais2700 acessosKiss: comercial inédito e esquecido de Paul Stanley surge na web3293 acessosMegadeth: Como seria Symphony Of Destruction em outros estilos?5000 acessosJustin Bieber: fã de Led Zeppelin, AC/DC e Metallica?

Sobre Felipe Cipriani Ávila

Headbanger convicto e fanático, colecionador compulsivo de discos, não vive, de modo algum, sem música. Estudante de Jornalismo e Letras. Procura, sempre, se aprofundar no melhor gênero de música do mundo, o Heavy Metal, assim como no Rock’n’Roll, de um modo geral, passando pelo clássico, pelo progressivo, pelo Hard setentista e oitentista, e não se esquecendo do Blues. Play It Loud!

Mais matérias de Felipe Cipriani Ávila no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online