Megadeth: Drover e Broderick saíram por causa de Menza e Friedman?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

Durante entrevista ao The Register-Guard, Dave Mustaine disse que o guitarrista Chris Broderick e o baterista Shawn Drover saíram do Megadeth graças a Marty Friedman e Nick Menza. Segundo Mustaine, os rumores de que Friedman e Menza retornariam acabaram por colocar um fim na passagem dos músicos pela banda.

1776 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosMemoráveis como a música: os 25 melhores logos de bandas

"É verdade, Shawn e Chris saíram. Descobriram que alguém em nossa organização queria fazer a reunião do 'Rust In Peace' acontecer", disse, em menção a um dos discos que Marty Friedman e Nick Menza lançaram com o Megadeth, em 1990.

"As coisas com Marty e Nick só avançaram porque fui forçado, já que eu não queria fazer isso. Quando não funcionou, todos me culparam e (o baixista David) Ellefson precisou me resgatar e dizer: 'olha, a ideia não foi de Dave, foi minha. Parem de tratá-lo como o vilão da história'. Isso fez com que eu me aproximasse ainda mais de David", afirmou.

Foi a última tentativa de reunião da formação que gravou "Rust In Peace", visto que Nick Menza faleceu em maio deste ano, aos 51 anos, vítima de um ataque cardíaco.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 26 de setembro de 2016

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

2224 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa487 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3469 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
Análise vocal de Dave Mustaine

Dave MustaineDave Mustaine
Arrependimentos, Oriente Médio, bandas satânicas

MegadethMegadeth
"Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

Bandas de rockBandas de rock
O logo pode ser tão memorável quanto o maior hit

Top 10 GuitarristasTop 10 Guitarristas
Matéria empolgada no Jornal da Globo

GuitarpediaGuitarpedia
Os 10 riffs de guitarra mais complicados da história

5000 acessosElvis Presley: De que ele morreu?5000 acessosMonsters Of Rock 2015: conheça a loira que "deu um show" com o Steel Panther5000 acessosMetallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos5000 acessosBlack Sabbath: pouco importa se Deus está vivo ou morto5000 acessosJoe Satriani: "Kirk Hammett foi um ótimo aluno"5000 acessosGuns N' Roses: qual a porcentagem de Axl, Slash e Duff no butim?

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online