Sonata Arctica: banda toca em Fortaleza e outras cidades em 2017

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Detector de Metal
Enviar correções  |  Ver Acessos

Depois de um show arrasador em fevereiro de 2015, a banda finlandesa SONATA ARCTICA estará de volta a Fortaleza em maio de 2017. A Empire vai trazer Tony Kakko (vocal, teclados), Elias Viljanen (guitarra), Pasi Kauppinen (baixo), Henrik Klingenberg (teclados) e Tommy Portimo (bateria) para se apresentar novamente na capital cearense. Desta vez o show será no DS Club (antiga Dona Santa, nas proximidades do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura) em 13 de maio de 2017. Além dos finlandeses, as cearenses COLDNESS (ainda divulgando o excelente 'Intervention') e NAFANDUS (representante cearense no importante festival Porão do Rock, em Brasília) também se apresentarão na mesma noite. O SONATA ARCTICA também deve se apresentar em Recife (12 de maio), Belém (14 de maio) e possivelmente mais três ou quatro cidades brasileiras, cujas datas, muito provavelmente no final de semana seguinte, devem ser confirmadas em breve).

Sonata Arctica: nova longa turnê pela América Latina em 2020Ozzy x Sharon: conheça a mulher que supostamente causou a separação

Ainda não conversamos com Kakko sobre o novo show em Fortaleza, mas, quando o entrevistamos por ocasião do primeiro show, Kakko nos alertou: ' Vocês vão ter um show sólido e cheio de rock do SONATA e preparem-se para acabar seus pulmões de tanto cantar. Vocês sempre fazem isso, então eu acho que vai ser grandioso', uma promessa que foi cumprida (leia no link abaixo a resenha daquele show). Na mesma época, Elias Viljanen me contou sobre como se sente ao tocar em uma cidade em que não haviam estado antes e tão diferente de sua cidade de origem. 'Claro que é interessante, excitante, é sempre uma diversão ir para cidades diferentes, países diferentes. Eu acho que tocamos em quase cinquenta países diferentes. E cidades, eu nem consigo... eu não sei. Rs. Tudo que é novo nós realmente gostamos. Então, temos que esperar e ver como tudo acontece. Eu estou certo de que será agradável, uma experiência agradável'.

Em conversa hoje com a COLDNESS, George Rolim, baixista, comentou: 'O SONATA sempre foi uma referência melódica de uma outra geração do metal finlandês! A COLDNESS é muito influenciada pelo som do STRATOVARIUS, por exemplo, como o SONATA, mas eles trouxeram outras perspectivas para as características do metal da região que os tornam únicos'. O baixista completa: 'poder ter contato com eles de uma forma mais direta só eleva a expectativa para batalhar mais e mais para concretizar a identidade da COLDNESS no cenário mundial, assim como eles fizeram, pois são exemplos vivos dessa trajetória'. Já o vocalista LENINE MATOS completou: 'Conheci o SONATA ARCTICA através do clipe da música 'Wolf and Raven', eu ainda adolescente e conhecendo o dito metal melódico. Uma banda que chamava muita atenção devido sua sonoridade, que conseguia se distinguir das bandas da época. Enfim, alguns anos depois de um trabalho árduo com a COLDNESS, estamos aqui falando de como será abrir um show importantíssimo desses. Vamos quebrar tudo e mostrar para os finlandeses a força do metal alencarino!

Sonata Arctica: O público acabou seus pulmões de tanto cantar

Dessa vez, os finlandeses estão divulgando o álbum mais recente, o nono da carreira, 'The Ninth Hour'. A humanidade não precisa mais de uma Bíblia para saber que estamos nos aproximando rapidamente da 'hora nona' - o especial momento quando Jesus morre na cruz. Nossa hora para o sacrifício e lamento dos nossos pecados está chegando, mas não de uma forma religiosa senão num contexto completamente mundano. Estamos à beira de uma guerra nuclear, dentro de uma sociedade onde a poluição ambiental é um assunto do dia-a-dia e o respeito à Mãe Natureza parece inexistente, diz a release do álbum. Dele, é grande a probabilidade de que as canções 'Closer to an Animal', 'Life' (veja clipe abaixo), 'Fairytale', 'Among the Shooting Stars' e 'We Are What We Are' sejam incluídas no set da turnê que vai passar pelo Brasil.

'Em geral, eu não sou uma pessoa muito religiosa, ' admite o frontman. 'Então, eu tive que estudar o fundo religioso e os diferentes significados, uma vez que ao vir com o título 'The Ninth Hour' ['A Hora Nona'], eu pretendia sublinhar o fato de este ser o nosso nono álbum de estúdio. Mas, foi muito agradável conhecer todos esses significados e perceber que eles realmente se encaixavam muito bem com a minha ideia sobra a capa e algumas das letras do álbum. Ele completa: 'É fato que estamos atualmente vivendo em tempos históricos e críticos. As nossas decisões vão definir o futuro. Não só o nosso futuro individual, senão o futuro de todo o planeta. Necessitamos fazer sacrifícios e em muitos casos nos arrependeremos das escolhas já feitas'.

Em Fortaleza os ingressos podem ser adquiridos na Kangaço Rock Street e online na Ingressando.com:
http://www.ingressando.com.br/20170513__sonata_arctica__1305...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Sonata Arctica"


Sonata Arctica: nova longa turnê pela América Latina em 2020Sonata Arctica: shows em oito cidades no Brasil em abril de 2020

Sonata Arctica: Finlândia não é o paraíso que muitos pensamSonata Arctica
Finlândia não é o paraíso que muitos pensam

Sonata Arctica no Brasil: Achavam que éramos os caras do GunsSonata Arctica no Brasil
"Achavam que éramos os caras do Guns"


Ozzy x Sharon: conheça a mulher que supostamente causou a separaçãoOzzy x Sharon
Conheça a mulher que supostamente causou a separação

Tatuagens: Homenagens ao Guns N' Roses na pele dos fãsTatuagens
Homenagens ao Guns N' Roses na pele dos fãs


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adGoo336