Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemMichael Schenker explica por que deixou o Scorpions e se juntou ao UFO

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"


Jonh Sykes: "Nunca mais quero falar com David Coverdale"

Por Ivison Poleto dos Santos
Fonte: blabermouth
Em 10/06/17

O número 2 da recentemente lançada revista britânica Rock Candy apresenta uma entrevista exclusiva com o guitarrista John Sykes que esclarece todos os problemas inacreditáveis que ele teve que lidar durante a gravação do autointitulado álbum clássico do WHITESNAKE de 1987.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sykes fez acusações verbais ao vocalista David Coverdale dizendo que ele "usava todas as desculpas possíveis para explicar porque não queria gravar sua voz" no multiplatinado álbum. "Ele colocava a culpa no tempo. Não estava feliz com o estúdio. Ele até disse que os microfones não eram bons o suficiente" disse Sykes. "Eu honestamente acho que ele sofria dos nervos".

Sykes, co-autor de nove faixas do álbum, incluindo os mega-hits "Still Of The Night" e "Is This Love?", foi literalmente chutado da banda junto com o baixista Neil Murray e o baterista Aynsley Dunbar, ainda antes dele ter sido lançado. Coverdale formou uma banda completamente diferente, com membros com imagem amigável à MTV para fazer a turnê. Sykes admite que ainda se sente "muito amargo" em relação à forma com que Coverdale o tratou. "David não disse nada para gente sobre a decisão de nos chutar da banda". Ele contou à Rock Candy, que descobriu que não fazia mais parte da banda somente por meio do seu gerente John Kalodner.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Fiquei muito furioso e não queria aceitar" disse Sykes. "Fui então ao estúdio para confrontar o David, que ainda estava gravando suas partes. Juro por Deus que ele fugiu, pegou o seu carro e se escondeu de mim"!

Sykes disse que David culpou a gravadora Geffen por forçá-lo a mudar a banda. "Eu sabia que era mentira". E ele insiste que as declarações de Coverdale sobre ter composto 95% das guitarras do álbum são falsas. "Quando eu o conheci, o David mal podia segurar uma guitarra" disse Sykes.

Como 2017 é o trigésimo aniversário do álbum clássico, os fãs aguardam que Coverdale e o WHITESNAKE façam algo especial para marcar a data. Mas se isso acontecer, certamente John Sykes não estará.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Fiquei sabendo que o David tem falado que está conversando comigo sobre um projeto juntos fora do WHITESNAKE" disse Sykes. "É mentira. Eu realmente não tenho interesse nenhum em falar com ele novamente".

Leia a entrevista completa no número 2 da revista Rock Candy.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Doug Aldrich: preferindo Whitesnake após proposta para voltar com Dio


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos.