The Babes: Entrevista com Moni Lashes no Heavynroll

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Geraldo Andrade, Fonte: Heavynroll
Enviar Correções  

Ela é baterista da banda que vem se destacando no cenário australiano, ela também é o primeiro ser humano a tocar bateria por 24 horas, sem parar.

Saúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Metallica: Segundo James Hetfield, Lars Ulrich tocava horrivelmente mal, mas era rico

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Heavynroll conversou com MONI LASHES, da banda THE BABES.

Ela falou da história da banda, do novo CD que foi lançado recentemente, do Brasil, entre outros assuntos, vale conferir!

HEAVYNROLL - Vamos começar falando da banda THE BABES, fale um pouco da história da banda?

MONI – Eu sempre toquei bateria junto de minha irmã DONNA (guitarrista The Babes), desde uma idade muito jovem, sempre tocamos músicas do KISS e SWEET.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2011, decidimos tornar a banda mais oficial e vimos que não havia outra banda no mercado, como o que sonhamos, com dois caras e duas meninas.

Em seguida, fizemos o teste para membros masculino da banda, para baixo e um vocal.

Algumas mudanças de formação ao longo dos anos, e, hoje, a nossa formação finalmente é completa e perfeita com o nosso irmão COREY STONE no baixo e nosso excelente amigo JD como vocalista principal.

HEAVYNROLL - Qual é a atual formação da banda?

MONI – THE BABES é: Eu (MONI LASHES) – bateria, DONNA D – guitarrista, COREY STONE – Baixo e JD –vocal.

HEAVYNROLL - Vocês lançaram em 2014, o fantástico "Rock ‘N’ Roll Gang", "Bad News" em 2015 e agora em 2017 "It Ain’t Easy", fale um pouco de cada álbum?

MONI – "Rock N Roll Gang" foi nosso primeiro lançamento e teve 10 faixas em 2014, o "Bad News" foi um CD de 4 faixas, e estamos orgulhosos de lançar nosso novo CD "It Aint Easy" este ano.

Nós também lançamos um videoclipe para cada um desses CDs que você pode encontrar no Youtube: The Babes Rock.

HEAVYNROLL - Quando começa a tour de "It Ain’t Easy"?

MONI – Nós terminamos o álbum muito cedo, e a turnê começará após o início de 2018, temos algumas novidades emocionantes para os nossos fãs internacionais!

HEAVYNROLL - Será que teremos o Brasil no roteiro?

MONI – Infelizmente, ainda não tocamos no Brasil, mas definitivamente estamos sonhando em fazer isso acontecer um dia!

HEAVYNROLL - Vocês já abriram shows de Ace Frehley, Sebastian Bach, Cherie Currie e Yngwie Malmsteem. Como foi essa experiência?

MONI – Quando fomos selecionados para fazer turnês com ACE FREHLEY, SEBASTIAN BACH, CHERIE CURRIE e YNGWIE, foi um sonho tornado realidade!

Não podíamos acreditar quando fomos escolhidos, e foi ótimo tocar para multidões!

Nós já temos outros grandes shows marcados, mas eu não posso revelá-los ainda, anunciaremos em breve no nosso site thebabesrock.com.

HEAVYNROLL - Quando se fala em rock and roll na Austrália, a primeira coisa que nos lembramos é do AC/DC. Como é o rock no seu país? Quais bandas novas se destacam?

MONI – O Rock N Roll na Austrália é ótimo e teve um grande sucesso na história, no entanto, não se dá muita atenção aos artistas australianos agora ... muitas bandas australianas vão para o exterior, é para aí que vamos nos dirigir em breve!

HEAVYNROLL - O seu kit de bateria é uma das coisas que mais chama a atenção, é uma Harley Davidson?

MONI – Sim, tem um garfo dianteiro de Harley Davidson, ligado ao kit de bateria e a roda gira a diferentes velocidades à medida que as músicas ficam mais rápidas ou mais lentas.

Eu também tenho um tubo de escape no meu tom de chão, que é uma máquina de fumaça.

Leia a matéria completa no link abaixo:
http://www.heavynroll.com.br/2017/12/the-babes-moni-lashes-o...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Saúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentaisSaúde
Mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Metallica: Segundo James Hetfield, Lars Ulrich tocava horrivelmente mal, mas era ricoMetallica
Segundo James Hetfield, Lars Ulrich tocava horrivelmente mal, mas era rico


Sobre Geraldo Andrade

Geraldo "Gegê" Andrade é blogueiro e colaborador no Blog Heavynroll, de Caxias do Sul/RS. Iniciou sua paixão pelo rock n roll, principalmente o heavy metal, nos anos 80, quando pela primeira vez, ouviu um álbum da banda KISS. Tem um currículo com mais de 150 shows, de bandas nacionais e internacionais. Já participou como jurado em festivais de rock na cidade de Caxias do Sul. Está se tornando um especialista em entrevistas, já tendo entrevistado vários músicos nacionais e internacionais. Apoia muitas bandas do underground, pelo Brasil inteiro. Estudante de Comunicação Social - Jornalismo, na Universidade de Caxias do Sul/RS.

Mais matérias de Geraldo Andrade no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin