Dave Mustaine: xingado por empresário do Metallica após cancelar show

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda, Fonte: Jasta Show / Blabbermouth
Enviar correções  |  Comentários  | 

O vocalista e guitarrista Dave Mustaine revelou que um co-empresário do Metallica, Peter Mensch, o chamou de "pussy" ("boneca", em uma tradução livre mais polida), após Mustaine ter proposto o cancelamento de um show do Megadeth no Big 4. A apresentação da banda, marcada no Yankee Stadium de Nova York, em setembro de 2011, estava em dúvida graças a um problema no pescoço de Dave. No fim das contas, o grupo acabou se apresentando depois da provocação de Mensch.

2817 acessosGuns e Metallica: na lista dos músicos mais bem pagos de 20175000 acessosFreddy Frenzzy: O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

A revelação foi feita por Mustaine, em entrevista ao podcast "The Jasta Show" (transcrita pelo Blabbermouth). Dias antes do show, rumores apontavam que o Megadeth não se apresentaria para que Dave fizesse uma cirurgia no pescoço, devido a um problema causado por "anos de headbanging".

"Quando fiz o show do Big 4 no Yankee Stadium e tive que usar um colar cervical e andar de carrinho de golfe até o palco, acabei colocando vários avisos no palco dizendo: 'não bata cabeça'. Eu morreria se batesse cabeça, porque fui para uma sala de cirurgia dois dias depois, para operar meu pescoço", disse Mustaine, inicialmente.

Dave pensou em cancelar o show e chegou a fazer contato com seu empresário, Mark Adelman. "Liguei para meu empresário e disse: 'Olha, já toquei com Metallica, Anthrax e Slayer antes; já toquei em Nova York antes; já toquei em um estádio de beisebol antes; então, nada disso é novo. E preciso cancelar porque preciso de cirurgia'. Então, supostamente, meu empresário disse à gerência do Metallica - seja lá quem for o cara com um nome de pênis, Dick ou Peter... Peter! Então, ele respondeu que eu era uma 'boneca' ('pussy'). Então, eu disse: 'ok, tudo bem, programe minha viagem que estou indo para Nova York'. Recebi várias injeções no pescoço, fiz o show e voltei. E pensei: ninguém sabe disso, exceto por mim, então quem é a boneca agora?", afirmou.

Mustaine revelou que, atualmente, seu pescoço está bom. "A amplitude do movimento... você tem uma placa de ferro dentro, os ossos que se fundiram perderam mobilidade. Então, consequentemente, a articulação acima e abaixo levam mais esforço que o necessário, então, preciso ter cuidado. Tenho doença degenerativa do disco (DDD, um tipo de artrite) e estenose no pescoço, além dessa cirurgia feita. Sabe, quase 40 anos batendo cabeça vão ter algum efeito em você", disse.

Vale destacar que a mesma cirurgia feita por Dave Mustaine também foi realizada por James Hetfield (Metallica) e Tom Araya (Slayer). Assim como Mustaine, os outros dois também precisaram reduzir a intensidade de suas atividades no palco devido às lesões no pescoço.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Guns e MetallicaGuns e Metallica
Na lista dos músicos mais bem pagos de 2017

517 acessosMetallica: rádio dos EUA transmitirá áudio de show inédito de 19865000 acessosMetallica: a pior versão que você ouvirá de "Nothing Else Matters"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
Black Album garante aposentadoria de Jason Newsted

Heavy MetalHeavy Metal
Os 10 melhores solos de guitarra de todos os tempos

MetallicaMetallica
"Não nos sentimos intimidados com bandas novas!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"


Freddy FrenzzyFreddy Frenzzy
O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

TatuagensTatuagens
Forma de expressão artística há mais de 3.500 anos

SlipknotSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Metal

5000 acessosGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos5000 acessosSlipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal5000 acessosEddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"5000 acessosMetallica: perdendo o Grammy para o Jethro Tull e ganhando do Megadeth5000 acessosGuitar World: melhores solos de guitarra de todos os tempos5000 acessosRunaways: Jackie foi estuprada e hoje tem que lidar com os haters

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 05 de dezembro de 2017


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online