Megadeth: último da lista, Kiko é o melhor com quem Mustaine já tocou

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Art Of The Craft / UG
Enviar correções  |  Ver Acessos

O líder do Megadeth, Dave Mustaine, falou em entrevista ao "Art Of The Craft" (transcrição via Ultimate Guitar) sobre Kiko Loureiro, guitarrista brasileiro que integra a banda desde 2015. Ele reafirmou que Loureiro é o melhor com quem já tocou até hoje e falou sobre ter se sentido "intimidado" pelo talento do músico.

Death Metal: as 10 melhores (ou piores?) capas do estiloBeavis e Butthead: como eles seriam se fossem reais?

Na época, Mustaine já estava planejando gravar "Dystopia", disco que acabou sendo lançado em 2016. "Contatei um baterista (Chris Adler, do Lamb Of God) e disse: 'você viria até aqui para gravar?'. E estava procurando por guitarristas. Foram quatro meses fazendo audições. Liguei para o empresário e disse: 'por favor, me mande outra lista'. Fui até o último nome da lista: Kiko Loureiro", contou.

O nome de Kiko não parecia a melhor opção para Mustaine, mas, por curiosidade, ele resolveu pesquisar e conferir como o brasileiro tocava. "Eu olhava para aquele nome e pensava: 'não...'. Então, vou ao YouTube e é esse garoto brasileiro maravilhoso que absolutamente destrói na guitarra", disse.

Mustaine, então, ligou para seu braço-direito, o baixista David Ellefson, e se surpreendeu com o que ouviu como resposta. "Liguei para Ellefson e disse: 'achei!'. Ele disse: 'quem é?'. Eu falei: 'é Kiko Loureiro, ou Lurirao...'. E ele diz: 'oh, eu conheço esse cara, já toquei com ele'. E eu disse: 'eu vou te matar, Ellefson!' (risos) É por isso que ele só tem quatro cordas. Ele o conhecia e não me contou. Fiquei chateado", afirmou.

Dave contou ter se sentido intimidado após ver Kiko Loureiro tocar uma música no violão. "Ele está tocando e eu vou me lembrando de quando estava em estúdio com Marty (Friedman) e estava me sentindo intimidado. E eu comecei a me apavorar. Eu pensei: 'ele está aqui para você, não se preocupe'. Então, não tocamos uma nota juntos e ele foi para casa, eu o contratei no ato. Ele veio, gravamos, ganhei meu primeiro Grammy e o resto é história. Melhor guitarrista com quem toquei de longe", disse.

Veja a entrevista na íntegra (em inglês, sem legendas).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Megadeth"Todas as matérias sobre "Kiko Loureiro"Todas as matérias sobre "Angra"


Megadeth: como são divididos os royalties da banda?Megadeth
Como são divididos os royalties da banda?

Greta Van Fleet: Jake Kiszka ouve guitarristas brasileiros e fica fã de ChimbinhaGreta Van Fleet
Jake Kiszka ouve guitarristas brasileiros e fica fã de Chimbinha


Death Metal: as 10 melhores (ou piores?) capas do estiloDeath Metal
As 10 melhores (ou piores?) capas do estilo

Beavis e Butthead: como eles seriam se fossem reais?Beavis e Butthead
Como eles seriam se fossem reais?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGooILQ