Bohemian Rhapsody: trechos com cenas gays são cortados na Malásia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: MalayMail
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Conselho de Censura da Malásia cortou cerca de 24 minutos de "Bohemian Rhapsody", cinebiografia sobre o Queen, para exibição nos cinemas do país asiático. Os trechos retirados são os que retratam a sexualidade do vocalista Freddie Mercury, interpretado pelo ator Rami Malek, em conformidade com as rígidas leis do país contra a homossexualidade.

Curiosidade: 5 músicos mais novos que as bandas em que tocamIron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 2008

A informação foi divulgada pelo site Malay Mail, que detalhou algumas cenas cortadas. Entre os trechos retirados da edição malaia, estão o momento em que Freddie Mercury diz à então noiva Mary Austin, interpretada pela atriz Lucy Boynton, que é bissexual, e a passagem em que os integrantes do Queen se vestem de mulher para filmar o clipe de "I Want To Break Free".

Pelas redes sociais, alguns internautas da Malásia relatam os cortes e fizeram críticas. O perfil MalayVines no Twitter, por exemplo, disse: "Aviso sobre 'Bohemian Rhapsody' na Malásia: eles cortaram TODAS as cenas gays e deixaram IMENSOS FUROS DE ROTEIRO. Assisti em Singapura e na Malásia e percebi que não dá para entender completamente se você assistir na Malásia. Recomendo assistir em outro lugar!!"

Outra conta na rede social publicou: "Na Malásia, o tempo total de 'Bohemian Rhapsody' é de 110 minutos, para maiores de 18 anos, enquanto que, no resto do mundo, tem 134 minutos e é para maiores de 13 anos. Deixamos heterossexual um filme que já foi deixado heterossexual e isso ainda não é apropriado".

Apesar da polêmica na Malásia, "Bohemian Rhapsody" tem tido ótimo desempenho em bilheteria no restante do mundo. Em apenas 10 dias, o filme arrecadou US$ 100 milhões em bilheteria e já é a terceira cinebiografia musical mais rentável da história do cinema americano, atrás apenas de "Straight Outta Compton: A História do N.W.A." e "Johnny & June".

O desempenho no Brasil também é muito bom: o filme lidera o ranking de bilheteria há duas semanas. No total, o longa-metragem arrecadou R$ 20,87 milhões com 1,15 milhão de ingressos vendidos no Brasil.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Queen"


Curiosidade: 5 músicos mais novos que as bandas em que tocamCuriosidade
5 músicos mais novos que as bandas em que tocam

Clube da Música: 10 bandas de Rock/Metal mais acessadas do YouTube (vídeo)

Foo Fighters: Taylor Hawkins cita os discos favoritos de quando era criançaFoo Fighters
Taylor Hawkins cita os discos favoritos de quando era criança

Bee Gees: grupo ganhará cinebiografia com produtor de Bohemian Rhapsody

Queen: banda nunca tocará no Glastonbury por causa do ativismo animal de Brian MayQueen
Banda nunca tocará no Glastonbury por causa do ativismo animal de Brian May

Lucy Boynton: depois de Mary Austin, ela fará Marianne Faithfull no cinema

Freddie Mercury: ele parou com remédios duas semanas antes de morrer, diz assistenteFreddie Mercury
Ele parou com remédios duas semanas antes de morrer, diz assistente

Queen: Brian May mostra curiosa coleção de guitarras iguais em vídeoQueen
Brian May mostra curiosa coleção de guitarras iguais em vídeo

Queen + Adam Lambert: vídeos profissionais de performance em Nova Iorque

Bohemian Rhapsody: a primeira música do século 20 a ter 1 bilhão de streams no SpotifyBohemian Rhapsody
A primeira música do século 20 a ter 1 bilhão de streams no Spotify

Queen: a história por trás da canção I Want to Break FreeQueen
A história por trás da canção "I Want to Break Free"

Queen: atores de Freddie Mercury e Mary Austin namoram na vida realQueen
Atores de Freddie Mercury e Mary Austin namoram na vida real


Iron Maiden: banda cai no riso em show nos EUA de 2008Iron Maiden
Banda cai no riso em show nos EUA de 2008

Metallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou ReedMetallica
Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336