Megadeth: "Metal real nunca dominou mainstream; o mainstream o matou"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: uDiscover / Ultimate Guitar
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista e guitarrista do Megadeth, Dave Mustaine, refletiu sobre a popularidade do heavy metal como um todo em entrevista à uDiscover Music, com transcrição do Ultimate Guitar. O músico destacou que o estilo nunca foi famoso de verdade, no que diz respeito ao mainstream - as principais paradas de sucesso, por exemplo.

Megadeth: veja trailer de "Dwellers", filme da produtora de David EllefsonAC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott

"Não acho que o metal de verdade, com credibilidade, tenha dominado o mainstream em algum momento, porque foi justamente isso que matou o metal: a exposição ao mainstream. Acho que essa é uma das coisas que nos manteve relevantes", afirmou.

Em seguida, Mustaine disse que o Megadeth nunca tentou "seguir tendências". "Foi isso que nos manteve. Não diria que melhor ou acima de qualquer outro, mas ter nossos padrões e não tentar nos encaixar foi o que nos deu longevidade", disse.

O músico destacou, ainda, que sua percepção de público colaborou bastante para que a banda seguisse com sua força em meio aos fãs. "Não sei o que nos diferencia de outras bandas - acho que, provavelmente, tentar ser normal e ser apenas um dos caras. Você ficaria surpreso: eu como em redes de fast-food, gosto de coisas normais que as pessoas fazem", afirmou.

Mustaine comentou que certas celebridades "tentam compensar o tempo perdido e compram todo tipo de coisa ao ficarem ricas rapidamente". "Você vê isso no mundo dos esportes. Eles ensinam os atletas a não se deixarem levar pelos desejos da família. Eu nunca tive nada que não precisasse porque eu comecei abaixo do zero. Tudo era uma benção. Olho para essa forma que nos conectamos aos fãs e percebo que não há diferença socioeconômica entre nós. Eu já fui morador de rua, não tinha o que comer. Sei como é. Nunca me coloquei acima dos fãs", disse.

Assista à entrevista na íntegra (em inglês, sem legendas).

Em outras entrevistas, Dave Mustaine já deu demonstrações de que se preocupa com o público. Ao canal The Metal Voice, por exemplo, ele disse que deixou de trabalhar com um promotor de eventos no Brasil devido ao preço cobrado por ingressos para shows do Megadeth.

"Se estou cantando uma música sobre um problema, você, que me ouve de Catmandu (Nepal), pensa: 'eu nem sei o que é ter um carro, então, não me importo com esses problemas com carros'. Minha compaixão pelos garotos da Índia, porque eles se sacrificam para nos ver tocar. Tocamos no Brasil uma vez e um promotor maldoso cobrava US$ 275 (cerca de R$ 1 mil, na cotação atual) para um ingresso, só para sentar em um pequeno ponto ali. Fiquei irritado, demitimos o cara e nunca mais trabalhamos com ele. No custo de vida de lá, eram três meses de trabalho para pagar isso", disse.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Megadeth: veja trailer de "Dwellers", filme da produtora de David EllefsonCanal Barbônico: Dave Mustaine e as suas maiores tretas (vídeo)

Megadeth: guitarras que foram colocadas à venda foram compradas por uma única pessoaMegadeth
Guitarras que foram colocadas à venda foram compradas por uma única pessoa

David Ellefson: seleção para vocal e guitarrista do Brasil tocarem com ele em SPDavid Ellefson
Seleção para vocal e guitarrista do Brasil tocarem com ele em SP

Megadeth: Dave Ellefson rasga elogios a Ian Hill, do Judas PriestMegadeth
Dave Ellefson rasga elogios a Ian Hill, do Judas Priest

Megadeth: enquanto eles não retornam, Ellefson toca com banda cover

Kerrang!: os maiores mascotes do Heavy MetalKerrang!
Os maiores mascotes do Heavy Metal

Em 01/11/2011: Megadeth lançava o álbum Thirteen

Megadeth: Kiko Loureiro comenta a pressão de fazer um novo álbumMegadeth
Kiko Loureiro comenta a pressão de fazer um novo álbum

Megadeth: os 25 anos do clássico YouthanasiaMegadeth
Os 25 anos do clássico Youthanasia

Megadeth: Mustaine convidou Slash para se juntar à bandaMegadeth
Mustaine convidou Slash para se juntar à banda

Metal Hammer: As 22 melhores músicas old-school do Thrash MetalMetal Hammer
As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal


AC/DC: os últimos dias do vocalista Bon ScottAC/DC
Os últimos dias do vocalista Bon Scott

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336