Dokken: Mick Brown está aposentado da bateria, diz Don Dokken

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baterista "Wild" Mick Brown, do Dokken, está oficialmente aposentado do instrumento. A revelação foi feita pelo vocalista Don Dokken, em entrevista ao "The Classic Metal Show" transcrita pelo Blabbermouth.

Guns N' Roses: melhores músicas segundo a Ultimate Classic RockUltimate Classic Rock: as 25 músicas mais tristes da história

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mick Brown não participou dos shows mais recentes do Dokken, incluindo uma apresentação no festival M3 Rock Festival em Columbia, nos Estados Unidos. A vaga está sendo assumida por BJ Zampa, do House of Lords.

"Acho que acabou. Ele está se aposentando, basicamente", disse Don Dokken, durante a entrevista. "Isso foi muito de repente. Estávamos em turnê há uns dois meses, no aeroporto, e estávamos nos preparando para entrar em outro avião quando ele me puxou de lado e disse: 'cara, não consigo fazer mais isso'. Eu perguntei o que aconteceu e ele disse que não conseguia mais continuar voando, tocando e ficando em hotéis."

O cantor comentou que chegou a oferecer uma agenda mais reduzida para o baterista. "Eu perguntei se era algo relacionado a dinheiro ou se era a rotina de viagem, disse que poderíamos fazer menos shows. Ele respondeu que não, que apenas não conseguia mais fazer aquilo e que estava com 62 anos, tendo tocado bateria desde os 10", afirmou.

Don destacou que muitas pessoas não percebem que o baterista é quem tem a função mais cansativa de uma banda. "Há anos, eu disse a Mick que ele deveria pegar mais leve, pois ele pegava pesado, como John Bonham. [...] Ele respondeu que não sabia tocar de outra forma, pois é um baterista, mas ele tem vários problemas nos punhos, joelhos, pés, cotovelos, artrite...", disse.

Agora, Mick Brown se dedicará apenas à sua pequena banda solo, Wild Mick Brown And The Bourbon Ballet, e tocará somente quando tiver vontade. "Ele (Mick) disse: 'Eu te amo. Ficamos juntos por 40 anos, foi incrível, chegamos ao topo e vendemos milhões de discos, ganhamos milhões de dólares, mas está na hora de parar'. Ele comentou que ficar em aviões o deixava pior do que tocar", afirmou.

Em entrevista anterior, o guitarrista George Lynch, ex-integrante do Dokken, já havia revelado que Mick Brown estava afastado, ainda que temporariamente, da bateria. "Bateria é algo físico e é difícil fazer isso em idade avançada, ainda mais com a intensidade usada por ele. Ele é como Cozy Powell ou John Bonham, um baterista poderoso. Então, tudo está dolorido para ele, por isso, ele vai apenas tirar um tempinho", disse. Os dois tocam juntos no The End Machine.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dokken"


Anos 90: bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãsAnos 90
Bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãs

Ozzy Osbourne: George Lynch chorou após ser dispensado da bandaOzzy Osbourne
George Lynch chorou após ser dispensado da banda


Guns N' Roses: melhores músicas segundo a Ultimate Classic RockGuns N' Roses
Melhores músicas segundo a Ultimate Classic Rock

Ultimate Classic Rock: as 25 músicas mais tristes da históriaUltimate Classic Rock
As 25 músicas mais tristes da história


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336